Walter não treina no Atlético-PR, e Enderson diz que contrato é problema

A contratação do atacante Walter nem mesmo foi confirmada, mas a relação já pode estar no seu fim. Em Curitiba desde a semana passada, depois que se despediu do Fluminense, o atacante não apareceu no centro de treinamento do Caju nesta terça-feira. A situação teria deixado a diretoria do Furacão descontente.

Segundo fontes internas do Atlético-PR, Walter voltou para o Rio de Janeiro e a relação entre o clube e jogador está bastante abalada. Em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, o treinador Enderson Moreira disse que existem problemas contratuais, que envolve o Fluminense e o Porto, de Portugal, que tem os direitos federativos do jogador.

– A gente espera que isso possa ser resolvido o quanto antes, mas não podemos ficar contando com aquilo que não está pronto, oficializado. São coisas contratuais. Isso cabe à direção, talvez, poder depois falar, mas ele está indo bem.

A contratação de Walter era dada como certa desde a última semana, quando o jogador apareceu em foto com o empresário Teo Constantin e o diretor do Atlético-PR, Paulo Carneiro, que foi publicada nas redes sociais. O vínculo seria de um ano, com opção de renovação por mais duas temporadas. O próprio jogador chegou a dar declarações que estava fechando seu ciclo no Fluminense e ia jogar no Atlético-PR.

Procurado pela reportagem do GloboEsporte.com, o Fluminense disse desconhecer a possibilidade de retorno do atleta para as Laranjeiras. O empresário Teodoro Fonseca também foi procurado, mas não retornou as ligações.

Comentários