'Vou ter pesadelos', diz jovem que bateu carro em guard-rail

O jovem Jandir Santin Júnior, de 25 anos, ainda está assustado com o acidente sofrido na manhã de sexta-feira (12), na BR-476, em Antônio Olinto, na região sul do Paraná. “Estou bem, mas acho que vou ter alguns pesadelos”, diz Santin. Na batida, um guard-rail perfurou o veículo, ficando a poucos centímetros do banco do motorista.

Ele sofreu apenas uma contusão. “Estou sentido dores nas costas, porque o guard-rail bateu no meu banco”, acrescenta. O acidente foi por volta das 10h30 de sexta na região do bairro Água Azul.

Ele é administrador de uma empresa de compensados e estava indo sozinho a Curitiba, no Paraná, a passeio, quando bateu o automóvel.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o carro rodou na pista e bateu no guard-rail. A barra atingiu a traseira do carro e atravessou o veículo, parando após perfurar o para-brisa.

Segundo o motorista, a pista molhada provocou o acidente. “Eu lembro que eu estava perto de uma curva e um caminhão que vinha no outro sentido jogou bastante água no para-brisa, foi quando eu bati no guard-rail, deu aquaplanagem”, disse.

Santin foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado ao Pronto Atendimento de São Mateus do Sul, também na região sul. No início da tarde desta sexta, ele recebeu alta médica. O administrador ainda passou por exames de raio-x antes de retornar para União da Vitória, na região sul, onde mora.

Comentários