Vestibular da UFPE inclui Ipojuca em locais de prova e amplia total de vagas

A Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) inscreve a partir desta quinta-feira (22) para o Vestibular 2012. As inscrições podem ser feitas até o dia 13 de outubro, pelo site da Comissão do Vestibular (Covest). A taxa custa R$ 95,00 e o pagamento pode ser feito até o dia 14 de outubro em qualquer agência do Banco do Brasil.

Ao todo, serão oferecidas 6.492 vagas, 102 a mais que ano passado. O aumento se deve, principalmente, à criação do curso de bacharelado em Educação Física no campus Recife, com 60 novas oportunidades. O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) continua valendo como primeira fase e como teste de redação. As provas da segunda etapa serão aplicadas nos dias 27 e 28 de novembro. O Enem será utilizado como fase única somente para o curso de Oceanografia.

Outra novidade do Vestibular 2012 é que a cidade de Ipojuca, na Região Metropolitana do Recife, também terá locais de prova, além do Recife e de Jaboatão, Olinda, Vitória de Santo Antão, Caruaru, Garanhuns, Serra Talhada e Petrolina. O listão dos classificados deverá ser divulgado até o dia 31 de janeiro de 2012.

PROVAS

No primeiro dia da segunda etapa (27/11), todos os candidatos farão a prova de português 1 (duas questões discursivas), além de outro teste específico (que poderá ser história ou química).
No dia seguinte serão aplicadas as provas de geografia, matemática, física, língua estrangeira, literatura, biologia, português 2, teoria musical e geometria gráfica.

Será eliminado do Vestibular 2012 o candidato que obtiver nota zero ou faltar qualquer uma das provas da primeira ou da segunda etapa. Também estará fora do processo seletivo o fera que não obtiver desempenho igual ou superior a 2,5 pontos na redação após a conversão da nota do Enem.

ISENÇÃO

O período para solicitar a isenção da taxa de inscrição vai de 22 a 26 de setembro. Para participar, o candidato deve colocar todos os seus dados nos formulário on line e indicar, no campo de isenção, que deseja pleitear a dispensa de pagamento da taxa.
O passo seguinte é informar o Número de Identificação Social (NIS), fornecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome. Os beneficiados serão conhecidos no dia 3 de outubro. Apenas os que tiverem seus pedidos negados é que deverão imprimir o boleto e realizar o pagamento da taxa ainda dentro do prazo de inscrição do Vestibular 2012.

INCENTIVO

O incentivo social, que concede 10% de acréscimo no argumento final de classificação dos estudantes que cumprem os pré-requisitos determinados pela UFPE, permanece no vestibular deste ano, mas com algumas alterações. Ao invés de fazer a comprovação no momento da matrícula acadêmica, o estudante deverá fazê-la antes da divulgação do listão final de classificados.

No dia 21 de outubro será divulgada, no site da Covest, uma lista com os nomes de quem solicitou o benefício. A confirmação, via internet, da solicitação do bônus poderá ser feita até o dia 26 de outubro. No dia 28 de outubro, sai a lista definitiva dos que pediram o incentivo.

A Covest vai publicar, no dia 28 de dezembro, o local, a data e a hora que os estudantes devem comparecer e comprovar o direito ao benefício, apresentando o certificado de conclusão do Ensino Médio e o históricos escolar.

Têm direito aos 10% os alunos que estudaram os três anos do Ensino Médio em escolas públicas municipais ou estaduais.

De acordo com o presidente da Covest/Copset, Armando Cavalcanti, (foto) essa medida é para “evitar a confusão que deu ano passado”, quando 80 estudantes aprovados não conseguiram comprovar que vinham do ensino público, perderam o bônus e não obtiveram nota suficiente para ingressar na universidade. “Nós já testamos esse sistema no vestibular realizado no meio deste ano com sucesso, mas foi em menor escala. A ideia é evitar esse tipo de transtorno na hora da matrícula”, disse.

Por último, não haverá mais o incentivo social de 5% no argumento de classificação de candidatos oriundos de escolas particulares do interior de Pernambuco. “Esse incetivo foi dado anos atrás para estimular candidatos do interior a preencheram as vagas em cursos fora da capital. Agora, o processo de interiorização já está consolidado. Além do que, isso também vai ajudar a uniformizar a nota dos feras”, falou o presidente.

Comentários

Leave A Reply