Universidades criam cadeira de rodas e sensor para cegos com Kinect

Cientistas da Universidade Livre de Berlim criaram um protótipo de cadeira de rodas que funciona a partir dos comandos enviados a um notebook pelo Kinect. O sensor de movimentos fica acoplado ao encosto e mapeia o ambiente, evitando os obstátulos.

Para estabelecer rotas ou marcar destinos, o usuário pode utilizar um joystick ou o controle de voz do próprio Kinect. Assim, a cadeira segue por si só até o ponto indicado, sem necessidade de controle por parte do usuário.

Já a Universität Konstanz criou um protótiopo que tem os cegos como público-alvo. A engenhoca funciona como um radar, que digitaliza o ambiente e indica o caminho ao usuário por meio de comandos sonoros ou vibrações, reproduzidas por um cinto que é vestido pelo usuário.

O aparato também é capaz de traçar rotas e identificar placas que possuem códigos QR, de forma a ajudar o usuário a atravessar ruas ou encontrar estabelecimentos. As duas iniciativas, porém, ainda estão em testes e não possuem previsão para chegar ao público final.

Comentários

Leave A Reply