Taxistas protestam em carreata pelas ruas do Recife

Um grupo de taxistas da Associação dos Profissionais de Táxi do Recife se reúnem desde a manhã desta terça-feira (24), e seguem em um protesto pelo centro do Recife. O grupo saiu por volta das 10h30 da Avenida Beira Rio, próximo à Ponte da Capunga, na Zona Oeste do Recife, e está neste momento na sede da Prefeitura do Recife. No cruzamento da Avenida Agamenon Magalhães com a Praça do Derby, os manifestantes desceram dos veículos e bloquearam a via. A paralisação deixou o trânsito complicado em toda a área central. Segundo informações da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), a Ponte Buarque de Macedo foi inicialmente bloqueada para impedir o acesso dos profissionais à PCR, sendo já liberada para o trânsito. Ainda de acordo com a CTTU, cerca de 50 taxistas da Associação dos Profissionais de Táxi do Recife (Apcatre) estão neste momento no protesto. 

Carros que saíram de Boa Viagem, Pina, Piedade, Graças, Espinheiro e Encruzilhada tiveram dificuldade para chegar ao Centro do Recife por causa da carreata.

Os principais pontos abordados pelos manifestantes são o fim da circulação de taxis de outras praças no Recife e a isenção para o pagamento do curso de capacitação exigido para os profissionais. Implementado na Lei Federal nº 12.468/2011, o curso custa R$ 200 e será obrigatório para recadastramento dos taxistas a partir de 2016.

O trajeto do protesto passou pelas avenidas Conde da Boa Vista, Guararapes, Dantas Barreto, Nossa Senhora do Carmo e Martins de Barros, seguindo pela Ponte Buarque de Macedo até chegar ao Cais do Apolo, em frente à Prefeitura do Recife. A CTTU afirmou que, apesar do protesto, o trânsito segue tranquilamente na área. A companhia também disse que está acompanhando o protesto para auxiliar no trânsito.

Galeria de imagens

Legenda
Anteriores

Próximas


Comentários