Sport entra em campo em busca de vaga nas oitavas de final

Vivendo momentos completamente distintos no Brasileirão, Santos e Sport entram em campo para decidir uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil e uma premiação de quase R$ 700 mil, nesta quarta-feira (22), às 22h, na Vila Belmiro (SP). Como venceram a partida de ida por 2×1, em 20 de maio, os rubro-negros se classificam com um empate ou até com derrota por uma vantagem mínima a partir de 3×2. O Peixe só passa com vitórias por 1×0 ou por dois gols ou mais de diferença. Se devolver o placar do confronto na Ilha do Retiro, os santistas levam a definição para a disputa por pênaltis.

A partida na Vila Belmiro é marcada por uma dúvida sobre as reais intenções de santistas e rubro-negros em avançar na Copa do Brasil. É que o time que passar às oitavas de final estará automaticamente fora da disputa da edição 2015 da Sul-Americana. O discurso das diretorias dos dois clubes é de que a prioridade é o torneio nacional, mas reconhecem que a copa continental é um belo “prêmio de consolação” para quem sair derrotado nesta noite. O fato é que as Santos e Sport entrarão em campo com o melhor que têm à disposição em seus elencos.

“É difícil você entrar em campo com o pensamento de perder. A gente passa uma vida falando aos atletas da importância das vitórias, em que temos que ganhar, em que tem que dar o nosso máximo sempre… De repente, teria que chegar para eles e dizer que vamos entrar para perder. Não vou fazer isso, é antidesportivo. O Sport vai sempre entrar para ganhar. Por isso, vamos com força máxima contra o Santos”, afirmou o técnico rubro-negro, Eduardo Baptista. “Essa história de Copa do Brasil ou Sul-Americana é polêmica para a torcida, não para nós”, completou.

O Sport tem dois desfalques em relação ao time que bateu o São Paulo, por 2×0, domingo, pela Série A. O zagueiro Matheus Ferraz e o lateral-direito Samuel Xavier já atuaram nesta edição da Copa do Brasil com a camisa de outras equipes e, por isso, não podem mais defender o Leão no torneio. Seus substitutos estão definidos: Ewerton Páscoa e Ferrugem, na ordem. O segundo, por sinal, fará sua estreia como titular. Havia a possibilidade do volante Wendel e do meia Diego Souza serem poupados por questões físicas, mas os dois estão confirmados no time, assim como o trio ofensivo formado por Marlone, Élber e André.

“O jogo contra o Santos é extremamente difícil. É um time que vem pressionado pelos maus resultados no Brasileirão, ainda mais por estar atuando dentro de casa. Dorival Júnior (técnico santista) chegou recentemente à Vila e vem dando um padrão ao time deles. Temos que tomar cuidado, marcando bem e jogando quando estivermos com a bola nos pés. Precisamos nos impor”, afirmou Eduardo Baptista. Enquanto o Sport está no G-4 do Brasileirão (4º colocado, com 27 pontos), os santistas amargam a incômoda zona do rebaixamento (17º, com 13).

Comentários