Sport encara o Central por vaga na Copa do Nordeste-2016

Ainda recolhendo os cacos deixados pela eliminação para o Salgueiro nas semifinais, o Sport inicia a disputa pelo terceiro lugar do Pernambucano contra o Central, nesta quarta-feira (29), às 20h, no estádio Luiz Lacerda, em Caruaru. Sem dúvida, um mata-mata dos mais frustrantes para a torcida, mas importante para as pretensões do clube, uma vez que vale ao vencedor vaga na Copa do Nordeste do ano que vem. O confronto da volta é no sábado, às 16h, na Ilha do Retiro.

Mais do que questões técnicas e táticas, o desafio do técnico Eduardo Baptista é recuperar emocionalmente o elenco, cabisbaixo com duas desclassificações em um intervalo de 14 dias (na Copa do Nordeste e no Estadual). Por isso, o treinador teve uma longa conversa com seus comandados ontem e ressaltou a importância de o time conseguir engrenar duas vitórias convincentes contra o Central, não só pela vaga no Nordestão como para recuperar a confiança visando o início da Série A do Brasileiro.

“Mostrei a eles que não é simplesmente ganhar o direito de disputar a Copa do Nordeste. É o direito de ganhar autoconfiança novamente, para entrarmos bem no Brasileiro. Por isso, não basta vencer o Central, é fundamental jogar bem. Temos uma responsabilidade grande nesse mata-mata”, afirmou o treinador.

Para a partida, Eduardo deve promover três mudanças em relação ao time que foi eliminado para o Salgueiro no domingo. Duas são obrigatórias. Expulso contra o Carcará, o lateral-direito Vitor cumpre suspensão. O zagueiro Oswaldo entrará improvisado no setor. Na cabeça de área, o prata da casa Neto Moura, com dores musculares, será substituído pelo experiente Wendel.

A terceira mudança não foi confirmada por Eduardo, que disse que pretende antes estudar melhor o Central para definir seu sistema ofensivo. No entanto, o mais provável é que Felipe Azevedo perca lugar no time. Joelinton e Samuel são os candidatos à vaga. Os outros três homens de frente seriam os mesmos: Élber, Régis e Diego Souza.

“Estamos tristes pela eliminação no campeonato, mas temos que ter a motivação necessária para fazer uma grande partida contra o Central. Não podemos deixar o Sport fora da Copa do Nordeste do ano que vem”, comentou o meia-atacante Élber, artilheiro do time na temporada, ao lado de Felipe Azevedo, ambos com cinco gols.

Comentários