Sport e Bahia iniciam disputa por vaga na decisão

Sport e Bahia protagonizam mais um capítulo de uma das maiores rivalidades do futebol nordestino, nesta quarta-feira (8), às 22h, na Ilha do Retiro, na partida de ida das semifinais da Copa do Nordeste. Será o sétimo confronto entre eles na história do torneio. Os rubro-negros nunca venceram – são quatro triunfos baianos e dois empates. O jogo da volta será domingo, na Arena Fonte Nova.

Na véspera da primeira semifinal, ontem, o técnico Eduardo Baptista fechou o treino do Sport para a imprensa e confirmou apenas oito dos 11 titulares – deixou três interrogações no setor ofensivo: o meia de criação que atuará ao lado de Diego Souza e os dois centroavantes. O mistério, segundo ele, faz parte da estratégia leonina.

“Essa é uma carta na manga que vamos levar até momentos antes da partida para tentar atrasar o trabalho do Sérgio Soares (técnico do Bahia). Não adianta fazer mistério com os jogadores de defesa porque são as peças que atuam mais na frente que podem mudar o desenho tático do jogo”, comentou Eduardo Baptista, que prevê um confronto bastante equilibrado e aposta na torcida como um dos diferenciais do Leão.

“A primeira grande arma do Sport é a sua torcida. A Ilha lotada ferve e vira um trunfo a nosso favor”, afirmou o comandante. Opinião compartilhada pelo goleiro Magrão. “Com o apoio do nosso torcedor, podemos conquistar uma boa vitória para arrancar com vantagem nessa semifinal”, afirmou o camisa 1.

Eduardo disse que testou duas formações no treino secreto de ontem, ambas armadas no 4-4-2. O mais provável é que aposte em Élber no setor de criação, ao lado de Diego Souza, e com Samuel e Joelinton no ataque.

Dos oito confirmados, uma cara nova: o zagueiro Matheus Ferraz, que estreia pelo Sport. Ele herdou a vaga do lesionado Ewerton Páscoa. No mais, o setor defensivo é o mesmo da vitória sobre o Fortaleza, por 1×0, no último dia 29, na volta das quartas de final da Copa do Nordeste. Todos eles foram poupados ao menos uma vez nas últimas duas partidas do Leão – Cene-MS (Copa do Brasil) e Santa (Estadual).

“O Sport está de ‘tanque cheio’ na parte física. Rodamos alguns jogadores nas últimas rodadas, então chegamos inteiros para esse jogo. Quem entrar amanhã (nesta quarta-feira) terá condições de pressionar o Bahia por todos os 90 minutos”, afirmou Eduardo.

Comentários