Sem dinheiro, Salgueiro oficializa pedido de saída da Série C do Campeonato Brasileiro

O Salgueiro oficializou nesta quinta-feira (2) o pedido de saída da Série C do Campeonato Brasileiro. Alegando que não tem condições de arcar com as despesas do clube, o presidente do Carcará, Clebel Cordeiro, entregou ao presidenta da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Evandro Carvalho, documento para ser repassado à Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Segundo Clebel, Evandro ficou de segurar o documento até a próxima segunda-feira (6) para tentar achar uma solução.

“Foi entregue às 11h da manhã ao presidente e ele pediu até segunda-feira para tentar achar uma solução. Talvez um patrocínio ou apoio do Estado. Já tentamos de toda forma possível por nossos meios e não conseguimos”, disse Clebel Cordeiro, à reportagem do JC. O planejamento do Salgueiro foi prejudicado com o fim do programa estadual Todos com a Nota (TCN), que garantia cerca de 80% da sua folha salarial.

De acordo com Clebel, o clube precisa mensalmente de cerca de R$ 180 a R$ 200 mil mensais para sobreviver na Série C, valor que corresponde ao que receberia com o TCN. O presidente do Carcará também disse saber da possível punição de 2 anos sem atuar em competições estaduais e nacionais pela desistência, mas revelou “não ter o que fazer”.

“Vou fazer o quê? Passei esses anos disputando a trancos e barrancos. Agora não tenho condições nenhumas de continuar desse jeito”, finalizou Clebel.

A reportagem tentou contato com Evandro Carvalho, mas não obteve sucesso. 

Comentários