Salgueiro vence por 2×0 e complica o Sport

O Salgueiro largou na frente do Sport na disputa por uma vaga na decisão do Campeonato Pernambucano. Neste domingo (19), o Carcará venceu a partida de ida das semifinais por 2×0, no estádio Cornélio de Barros, a 509km do Recife. Os dois gols foram do zagueiro Rogério, ambos de pênalti (o primeiro marcado de forma equivocada pelo árbitro Emerson Sobral), aos 31 e aos 48 minutos do segundo tempo.

A partida de volta é no próximo domingo, às 16h, na Arena Pernambuco. O Salgueiro pode perder até por um gol de diferença para chegar pela primeira vez à decisão do Estadual. Ao Sport, resta vencer por três de vantagem para se classificar. Caso os rubro-negros vençam por dois gols, a vaga na final será decidida nos pênaltis.

Galeria de imagens

Legenda
Anteriores

Próximas


O JOGO
Os 45 minutos iniciais foram de dar “calo na vista”, disputados em câmera lenta por duas equipes sem inspiração. O Salgueiro armou um retranca no meio de campo e passou o primeiro tempo inteiro apenas se defendendo. Já o Sport tinha a posse de bola, mas não conseguia fazê-la chegar em boas condições aos homens de frente por conta do excesso de passes errados. Assim, o jogo se arrastou até o intervalo sem um lance verdadeiramente digno de registro. Foi difícil se manter acordado assistindo no estádio Cornélio de Barros.

O melhor lance do primeiro tempo foi a favor do Sport, aos 42 minutos. Depois de tabela com Renê pela esquerda, o volante Wendel invadiu a área e chutou cruzado, em cima do goleiro Luciano. Antes, os rubro-negros haviam finalizado três vezes, todas para fora. As duas primeiras em cobranças de falta de Diego Souza e Neto Moura, enquanto a outra com Vitor em arremate da direita. Já o Salgueiro, com uma proposta excessivamente defensiva, não deu trabalho a Magrão. O camisa 1 leonino não fez uma defesa sequer.

O segundo tempo iniciou bem mais animado. O Salgueiro mudou sua postura e decidiu se arriscar à frente. Nos dois primeiros minutos, chegou duas vezes com perigo. Primeiro Rodolfo Potiguar chutou da intermediária para a defesa de Magrão, depois Kanu bateu cruzado da direita e a bola passou rente à trave. Só que o Carcará passou a dar espaços para o Sport, que respondeu nos dois minutos seguintes. Aos 3, Felipe Azevedo invadiu a área sozinho e mandou na rede pelo lado de fora. No lance seguinte, após boa arrancada de Neto Moura, o arremate de Samuel parou nas mãos de Luciano.

Depois a partida voltou a dar uma esfriada. Quando o gol parecia longe, veio o primeiro pênalti a favor do Salgueiro. Emerson Sobral marcou uma polêmica mão na bola do zagueiro Durval dentro da área em chute de Cássio. Rogério cobrou no cantinho direito e, por pouco, não deu para o goleiro Magrão defender: 1×0 Salgueiro.

Atrás no placar, o Sport partiu para cima, mas de forma desorganizada. Deu espaços para os contra-ataques do Carcará. Foi num deles que saiu o segundo pênalti a favor do Salgueiro, aos 48 minutos, de Rithely em cima de Kanu. Rogério cobrou com categoria, fez 2×0 e colocou números finais na partida.

Comentários