Rubens Barrichello irá disputar a Fórmula Indy 2012

Ao anunciar nesta quinta-feira um acordo com a equipe KV para participar da temporada 2012 da Fórmula Indy, Rubens Barrichello admitiu que o acerto para correr na categoria na norte-americana o surpreendeu. Fora da Fórmula 1 após 19 temporadas consecutivas, o brasileiro disse que esperava competir na principal categoria do automobilismo mundial por 25 anos.

Tudo mudou, porém, quando, após não ter renovado seu contrato com a Williams, Barrichello foi convidado pelo amigo Tony Kanaan a testar pela KV. Em seguida, o brasileiro recebeu a proposta para assinar com equipe e precisou convencer Silvana, a sua esposa, a “liberá-lo” para correr na Fórmula Indy.

“Tony é a razão de eu estar fazendo isso, As coisas começaram a tomar um rumo muito diferente. No final daquele dia recebi o convite para ser piloto da KV”, afirmou. “A situação da Silvana era realmente verdade. Eu imaginei correr 25 anos na Fórmula 1 e nunca me imaginei correndo na Fórmula Indy, correndo em um oval. Esperava correr pela Stock Car”, disse Barrichello. “Vendo algumas batidas na Indy (em ovais), ela me falava: ‘você nunca vai fazer isso, né’?”.

Piloto que mais disputou provas na Fórmula 1, Barrichello evitou comentar sobre a possibilidade de retornar para a categoria. “Meu futuro está aberto, não posso fechar portas. Tive 19 anos maravilhosos na Fórmula 1, espero ter não 19 na Indy, porque teria que pedir uma muleta para sair do carro, mas tenho uma carreira pela frente. Estou feliz em anunciar o meu futuro próximo”.

Barrichello confirmou a decisão de participar de todas as corridas da temporada 2012 da Fórmula Indy, incluindo as provas em circuitos ovais. “Não vou conseguir ficar em casa e vendo os outros correrem com o meu carro. Estou entrando nessa com muita força, muita coragem e muita determinação”, disse.

O piloto brasileiro reconheceu, porém, que será um desafio participar de provas em circuitos ovais pela primeira vez na sua carreira. “Eu não tenho ideia de como é o acerto do carro no oval”, disse. “Do zero não começo porque tenho experiência longa no automobilismo. Será meu 34º ano de competição, completo 40 em maio. Todos esses anos fazem com que não comece do zero, mas tenho muito a aprender com o Tony”.

A adaptação aos pneus usados na Fórmula Indy é a outra preocupação de Barrichello para seu início na categoria. ” É impressionante como o Tony é rápido com pneu frio. Na Fórmula 1 não é assim, o pneu é aquecido com cobertor. É uma nova experiência, algo que nunca participei. Tem o motor turbo também”, comentou.

Antes de Barrichello, outros pilotos trocaram a Fórmula 1 pela Fórmula Indy. Os dois casos de maior sucesso foram Emerson Fittipaldi, campeão em 1989 e que venceu duas edições das 500 Milhas de Indianápolis, e o inglês Nigel Mansell, que faturou o título da categoria em 1993. Na Fórmula Indy, Barrichello espera repetir o sucesso que Emerson teve. “A gente pode se espelhar no Emerson, não há dúvidas disso, pelos campeonatos e a humildade. Ele fez bonito nas duas”.

Tendo Barrichello como principal atração, a temporada 2012 da Fórmula Indy começará a ser disputada no dia 25 de março, com a realização da etapa de São Petersburgo, na Flórida, em um circuito de rua.

Comentários

Leave A Reply