Ringo Starr leva público ao delírio em show impecável no Recife

O sonho de milhares de fãs foi realizado de forma impecável. É o mínimo que se pode dizer do show de Ringo Starr, e sua All Star Band, na noite do domingo (20), no Chevrollet Hall. Com certeza vai marcar para sempre quem estava lá. Além de poder ver ao vivo uma lenda da música mundial, um Beatle da banda inglesa que influenciou várias gerações, o público teve chance de conhecer também a competência dos músicos que fazem parte da banda. Durante duas horas, Ringo e os amigos cantaram clássicos, brincaram (e muito) com o público, marcando o encerramento da turnê brasileira, que passou ainda por São Paulo, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília.

Com pontualidade britância e um palco com imagens e produção psicodélicas, a banda atacou os acordes de “It don’t come easy”, segundo single dele como artista solo. A partir daí, o show foi dividido com a participação de todos os músicos, se revezando no vocal, sendo acompanhados por Ringo, que assumiu as baquetas tocando junto com o outro baterista, Gregg Bissonette. Outro destaque da banda ficou com o tecladista Edgar Winter, o mais animado do grupo, dividindo vocal, teclado, saxofone e percussão.

A imagem comum era de famílias reunidas. Gerações que cresceram ouvindo os Beatles e ensinaram aos filhos as músicas dos ingleses. “É um sonho pra mim. E não poderia deixar de trazer meu filho”, disse o médico Júlio Pontes, acompanhado do filho, Fábio, de 15 anos. “Ele me mostrou os Beatles e eu gostei logo de cara”, explicou o estudante. “É um sonho pra mim também, poder ver um deles ao vivo”, lembrou. E Ringo, com seus 71 anos, mostra que tem fôlego para muito rock ainda.

As músicas dos Beatles foram cantadas pela platéia. “Vocês conhecem essa”, disse, para atacar com “Yellow Submarine”, levando ao delírio e produzindo uma das imagens mais bonitas da noite. Fãs haviam distribuídos balões e instruções para que em algumas músicas, o público participasse ainda mais levantando as bolas de encher coloridas. E assim aconteceu em “Yellow Submarine” e “Choose Love”. O encerramento ficou com “With a Little Help From my Friends”, que junto com “Give Peace a Chance” deu um ar de paz e amor e mandou todo mundo pra casa mais leve. Uma noite histórica.

Veja o set list:

It Don’t Come Easy
Honey Don’t
Choose Love
Hang On Sloopy
Free Ride
Talking in Your Sleep
I Wanna Be Your Man
Dream Weaver
Kyrie
The Other Side Of Liverpool
Yellow Submarine
Frankenstein
Peace Dream
Back Off Boogaloo
What I Like About You
Rock and Roll, Hoochie Koo
Boys
Love Is Alive
Broken Wings
Photograph
Act Naturally
With a Little Help from My Friends
Give Peace a Chance

 

 

Comentários

1 comentário

Leave A Reply