Ricardinho com muitas opções para montar o Santa Cruz

Após uma segunda-feira de descanso pela parte da manhã e trabalho de recuperação para os atletas do Santa Cruz à tarde, já em Salgueiro, o técnico Ricardinho terá hoje um dia bastante produtivo. Com os portões fechados, o treinador montará o time para o primeiro round da decisão do Campeonato Pernambucano. A grande dúvida é se ele manterá pela primeira vez na temporada os titulares ou se mandará a campo sua 13ª formação na 13ª partidas no ano.

Se Ricardinho optar por manter os mesmos atletas que venceram o Central por 2×0, no domingo, em Caruaru, ele não terá problema. Sem ninguém machucado ou suspenso, o Santa Cruz vai forte para encarar o Carcará no Sertão.

Assim como aconteceu nas duas últimas partidas contra a Patativa, é bem capaz de o comandante coral não divulgar a escalação da equipe tricolor. No entanto, as opções disponíveis lhe dão uma boa dor de cabeça para a montagem do time.

Contra o Central, os titulares do sistema defensivo foram: Fred, Nininho, Alemão, Danny Morais e Tiago Costa. Até aí não deverá ter nenhuma mudança. Só que do meio para a frente tudo pode mudar.

Com Edson Sitta novamente disponível (ele foi acionado no decorrer do jogo em Caruaru após se recuperar de uma fratura na face), fica a dúvida: o capitão começará de frente no lugar de Bileu ou ficará mesmo como opção para o segundo tempo? 

No setor ofensivo também há mais dúvidas. Como Anderson Aquino entrou bem e fez gol na última partida, cresce a chance de o atacante voltar a fazer dupla com Betinho. Se isso, de fato, acontecer, um atleta precisaria deixar o meio-campo. Contra o Central atuaram João Paulo, Guilherme Biteco e Emerson Santos – esse último mais avançado, como um falso atacante. Em tese, Emerson Santos correria por fora, mas o gol marcado contra o Central e a boa movimentação na partida lhe deram moral junto a Ricardinho.

Comentários