Recife divulga a programação oficial do carnaval 2013

O Carnaval do Recife 2013 vai contar com cerca de 1.500 apresentações, distribuídas em 17 pólos de animação. Este ano, a festa vai homenagear os pernambucanos Alcir Lacerda (in memorian), fotógrafo, e o percussionista Naná Vasconcelos. Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (25), o prefeito Geraldo Julio apresentou os artistas reverenciados e divulgou atrações, pólos e toda a estrutura montada para a folia da capital pernambucana. Entre as atrações, nomes como Caetano Veloso, Zélia Duncan, Lenine, Titãs, Paulinho da Viola, Siba e Alcione.

Clique aqui e confira a programação completa

A noite de abertura do carnaval, na sexta-feira (8 de fevereiro), será de grandes apresentações, com Naná Vasconcelos, o homenageado da noite, e dez nações de maracatu. Ele vai se juntar a Milton Nascimento e à cantora portuguesa de fado Carminho em uma grande homenagem ao frevo pernambucano. Na mesma noite, sobem ao palco outros 14 artistas, como Luiza Possi, Lenine, Otto, Armandinho, Fafá de Belém, Emílio Santiago, Baby do Brasil, Roberta Sá, Genaro, Beto Ortiz, Silvério Pessoa, Nena, Ylana Queiroga e Tibério Azul.

“O Carnaval do Recife é muito importante para a economia, para o turismo, para dar opotrunidade para muita gente trabalhar e fazer sua renda. Mas o carnaval do Recife, é sobretudo, importante para o folião”, afirmou o prefeito do Recife, Geraldo Julio, ressaltando que fez questão de que a população participasse da montagem da festa . “Desde a organização, estruturação, planejamento… Tudo que a gente tem feito, em todos os bairros e comunidades, tivemos o cuidado de que as pessoas tivessem efetivamente influencia na organização”, garantiu.

Os pólos do Marco Zero, Praça do Arsenal da Marinha, Rua da Moeda e Pátio de São Pedro já vão ficar aquecidos na semana pré-carnavalesca, com programação que se inicia no dia 3 de fevereiro, último domingo antes do carnaval, até a sexta-feira (8), dia da abertura oficial do carnaval 2013. A semana que antecede a grande festa será para comemorar o título que o frevo recebeu da Unesco, de Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela Unesco.

O arquiteto Carlos Augusto Lyra será o responsável pela decoração da grande festa, inspirado nos dois homenageados deste ano e com ilustrações da designer Isabela Andrade Lima. “Colocamos Naná sempre fantasiado, com roupas que se vê no carnaval, como la ursa, palhaco etc. Ele é o fio condutor que vai apresentar Alcir Lacerda”, afirma o decorador.

A Central do Carnaval continua localizada no Armazém 12, no Marco Zero, e vai funcionar entre os dias 1º e 12 de fevereiro. “A Central agrega diversos serviços para os foliões, com achados e perdidos, informações turísticas, fraldários, caixas eletrônicos, adereços, fantasias e tudo o que o folião precisa para se divertir com segurança”, afirmou o secretário de turismo do Recife, Felipe Carrêras.

Uma das novidades deste ano é que o bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da cidade, vai contar com apresentações de orquestras itinerantes de frevo durante os quatro dias de folia, com vários grupos de maracatu e blocos de pau percorrendo a beira-mar. A praça de Boa Viagem também terá sua própria programação, sempre das 18h às 22h.

Os pólos de animação da folia estarão localizados no Marco Zero, Praça do Arsenal da Marinha, Cais do Alfândega, Avenida Guararapes, Avenida Nossa Senhora do Carmo e Nossa Senhora do Forte, Pátio de Santa Cruz, Pátio do Terço, Pátio de São Pedro, Corredor do Frevo (espalhados por diversas ruas do Recife), todos no centro, e nos bairros de Brasília Teimosa, Chão de Estrelas, Nova Descoberta, Várzea, Bomba do Hemetério, Alto José do Pinho, Casa Amarela, Jardim São Paulo e Ibura. Durante os quatro dias de festa, além dos 17 pólos de animação, também serão montados outros 31 “polinhos”.

O galo
O Sábado de Zé Pereira este ano cai no Dia do Frevo, 9 de fevereiro, e para comemorar o título de Patrimônio Imaterial concedido pela Unesco, o Galo que decora a ponte Duarte Coelho e simboliza o carnaval, com 27 metros de altura, estará vestido em trajes de gala. A vestimenta vai reverenciar os homenageados do ano. O Galo vai carregar uma câmera fotográfica ao redor do pescoço, para lembrar Alcir Lacerda, e vestir estampas africanas no colete, em referência a Naná Vasconcelos. O artista plástico Sávio Aráujo, responsável pela alegoria, guarda, ainda, uma surpresa que só será conferida no Sábado de Zé Pereira. A montagem da estrutura está prevista para o dia 6 de fevereiro.

 

Comentários

Leave A Reply