“Que país é esse?”

O Brasil vem mais uma vez passando um certo vexame nas olimpíadas de Londres, e a culpa não é dos atletas “heróis” que fazem de tudo para representar da melhor forma nosso país, as vezes sem nenhum apoio.

Isso é o reflexo de toda a inércia e negligência por parte do nosso governo, o Brasil vem colecionando maus resultados em todas as olimpíadas. Educação? Não sejamos hipócritas, ela ainda é de péssima qualidade.

As elites fecham os olhos, pois cá pra nós, seus filhos tem acesso aos melhores colégios do país. Por outro lado a corrupção tem se tornado aguda, mas o governo mantém os investimentos pesados em Copa e olimpíadas enquanto o povo agoniza com fome em todos os quistos, fome de comida e fome intelectual.
O Brasil não tem um plano definido, não investe em suas potencialidades, e acredito que Darcy Ribeiro onde estiver tem chorado com essa farsa social inventada há anos e reinventada ano após ano pelos mesmos “poderosos”.

Um país que tem suas universidades em má qualidade e se mantém em greve há mais de dois meses e nada tem mudado, o governo e sua inércia de sempre, que alimenta banqueiros e corporativistas e deixa seus educadores e alunos sem resposta.

A mídia tem se omitido, falado de assuntos “imbecis” e não mostra com veemência o que tem acontecido, a mídia em sua grande maioria atende sempre aos interesses dos grandes e nunca dará ênfase ao Brasil “real”, pois como em canudos, segundo os jornais da época, “eles eram os bandidos, os arruaceiros” . Na verdade grande parte dessa mídia ainda atende aos interesses do Brasil “oficial” que faz de tudo para maquiar a “verdadeira” situação.

Como dizia Marx e Engels em o manifesto do partido comunista, para que um país se desenvolva é necessário entre umas das iniciativas ter “ educação publica e gratuita para TODAS as crianças, supressão do trabalho infantil, combinação da educação com produção material, etc.”. O Brasil uma das seis potencias mundiais, não dá o devido tratamento ao seu povo, ainda tem maior parte das riquezas nas mãos de uma minoria e ainda tem um mar de “famintos”.

Ou se investe de verdade em educação, ou se tem coragem para enfrentar os problemas e dizer um “não” aos interesses de banqueiros e valorizar professores, trabalhadores em geral, ou seremos eternamente uma piada nos grandes eventos.

httpv://www.youtube.com/watch?v=n9rcYyC90a0

Comentários

Leave A Reply