População de Camutanga realiza protesto contra a violência

A morte de Toninho da Água foi o estopim para a população de Camutanga. Na manhã desta quarta-feira (08), dezenas de pessoas organizaram uma manifestação contra o aumento da violência e criminalidade na cidade.

Os manifestantes também exigem das autoridades justiça pela morte de Antônio Francisco de Melo, conhecido como Toninho da Água, assassinado na madrugada desta segunda-feira (06)

O protesto acontece no KM 8 da PE82, uma das rodovias que dá acesso a Timbaúba.

Com cartazes e faixas os manifestantes cobravam, por parte do governo do estado, uma atenção maior para a segurança do município, que registra vários assaltos diariamente. Pneus foram queimados na via, impedindo o trafego de veículos.

A cidade, até a última segunda-feira (06), havia passado mais de um ano sem o registro de homicídios na cidade. Camutanga liderava o rankingcomo o único município da Mata Norte a não registra um CVLI (Crime Violento Letal Intencional). O último homicídio, na cidade, havia sido registrado no dia 25 de junho de 2014, mas a estatística foi quebrada com a morte de Toninho da Água.

Comentários