Policial mata ex-mulher e comete suicídio em seguida; filho de 11 meses estava no colo da mãe

Um policial militar assassinou a ex-mulher e se matou em seguida na cidade de Porto Velho, em Rondônia, na manhã desta segunda-feira. André Ricardo de Albuquerque, de 32 anos, e a médica Andressa Gomes da Silva, de 29 anos, estavam separados há cerca de um mês. O crime ocorreu dentro do carro do policial, após uma tentativa de reconciliação. O filho de 11 meses do casal estava no colo de Andressa no momento do crime.

De acordo com a Delegacia de Homicídios de Rondônia, o crime ocorreu por volta das 11h, em frente à casa de Andressa, na Rua Maria de Lourdes, no bairro Igarapé. O homem, que trabalhava no 5° BPM, na capital, teria ido até a casa da ex-mulher para tentar reatar o casamento. Segundo a Civil, eles teriam discutido e André atirou na vítima, que estava no banco traseiro com o filho. Em seguida, se matou.

Uma testemunha que passava pelo local ouviu a criança chorando e acionou a polícia. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML), onde serão submetidos a uma perícia. A criança foi entregue à avó materna. A DH informou que será realizada uma perícia no carro e na arma usada no crime.

O crime surpreendeu os policiais do 5° BPM que trabalhavam com André Ricardo. Segundo eles, o policial, que estava na corporação desde 2006, nunca apresentou comportamento agressivo. “Era um bom policial, nunca deu problema, ficamos chocados”, conta um dos colegas.

Comentários