Piloto de avião que caiu em Taiwan desligou motor acidentalmente

O piloto do avião da Transasia que caiu em fevereiro em Taiwan, matando 43 pessoas, desligou acidentalmente o único motor que estava funcionando na aeronave segundos antes da queda, informou o Conselho de Segurança da Aviação de Taiwan nesta quinta-feira (2).

Relatório do órgão também apontou que o capitão  Liao Jian-zong havia falhado em um treinamento em um simulador em maio de 2014, parte porque ele tinha conhecimento insuficiente sobre como lidar com um motor com problemas na decolagem.

“Wow, puxei para trás o acelerador do lado errado”, é possível ouvir Liao dizer nas gravações de voz da caixa-preta do avião segundos antes da queda.

Aparentemente houve uma confusão na cabine de comando enquanto os dois capitães tentavam retomar o controle da aeronave após um dos motores parar de funcionar.

Liao reduziu a potência no acelerador que estava funcionando, mas pareceu não perceber o erro até ser tarde demais.               

Ele tentou recuperar o motor diversas vezes antes do impacto. “Impacto, impacto, preparem-se para o impacto”, o outro piloto fala na gravação.

Segundos depois o avião, que tinha 58 pessoas a bordo, caiu em Taipei. Quinze pessoas sobreviveram, mas os três pilotos e outras 40 pessoas, entre passageiros e tripulantes, morreram.

Comentários