Onda de crimes continua a subir em Camutanga

Preocupados com o elevado número de delitos, dentre eles a morte de Antônio Francisco de Melo, conhecido como Toninho da Água, a população camutanguense preparou um protesto contra a violência. Com cartazes e faixas os manifestantes cobravam, por parte do do município e governo do estado, uma atenção maior para a segurança da cidade, que registra vários assaltos diariamente. Pneus foram queimados na via, impedindo o trafego de veículos.

Entretanto a manifestação, realizada na última quarta (08) não inibiu a onda de crimes em Camutanga. Durante a semana, várias pessoas relataram nas redes sociais que foram alvo dos bandidos, como roubo de celulares e outros pertences.

Os criminosos estão ficando cada vez mais ousados. Internautas denunciaram que uma casa foi arrombada e os bandidos levaram uma moto da residência.

toninho-e1436232351373Vale ressaltar que a cidade, até a última segunda-feira (06), havia passado mais de um ano sem o registro de homicídios na cidade. Camutanga liderava o ranking como o único município da Mata Norte a não registra um CVLI (Crime Violento Letal Intencional).

O último homicídio, na cidade, havia sido registrado no dia 25 de junho de 2014, mas a estatística foi quebrada com a morte do comerciante Antônio Francisco de Melo.

 

 

Comentários