No CE, cliente diz ter sido agredido após recusar chocolate como troco

O estudante de Engenharia Paulo Victor Silva, 22 anos, disse que foi agredido após se negar a receber R$ 37,50 em chocolate, como troco em uma lanchonete de Fortaleza na madrugada do último domingo (2). O caso ocorreu em uma loja na Avenida Godofredo Marciel, no Bairro Maraponga. No Facebook, o jovem denunciou o caso e a postagem já tinha mais de 17 mil compartilhamentos até a noite desta segunda-feira (3). O estudante prestou queixa em uma delegacia.

Segundo o universitário, ele foi avisado, quando pagava a conta, de que o estabelecimento não tinha R$ 37,50 em notas e moedas para dar de troco. “[Eles] Me pediram para esperar, e eu fiquei. Depois, me ofereceram todo esse valor em chocolate. Eu recusei. Já passava de quatro horas da manhã. Eu disse que precisava ir embora, aí chamaram o gerente, que já veio todo ignorante”, relatou.

Paulo disse que o gerente exigiu que ele esperasse pelo troco, mas o cliente pediu para a loja ficar com seus dados que ele pagaria depois com dinheiro trocado. “Tentei sair, mas o gerente ficou na minha frente e começou a gritar dizendo que eu não ia sair sem pagar. Ele me agrediu nos dedos e nas costas, pegou meu relógio e saiu”, afirmou.

Após a confusão, Paulo saiu da loja. Osdemais clientes, revoltados com a situação, o apoiaram, ele e voltou ao estabelecimento, onde finalmente conseguiu o troco. No domingo, o estudante registrou boletim de ocorrência no 30º Distrito Policial, no Bairro São Cristóvão. Ele teve uma torção no dedo, que permanece enfaixado.

O G1 entrou em contato por telefone com a unidade da franquia onde houve a denúncia de agressão mas as ligações não foram atendidas. O empresário Paulo Jùnior, dono da marca “Rei do Sanduíche”, disse ao G1 que vai tirar o direito de uso da rede de lanchonetes do gerente apontado como agressor. Ainda segundo o empresário, o franqueado admitiu ter oferecido chocolate como troco e tentou justificar a agressão dizendo que se sentiu ameaçado pelo cliente. O estudante disse que vai acionar a loja na Justiça.

Comentários