Neymar, sobre nervosismo: "Fico p… com árbitros que não apitam direito"

Neymar colocou na conta do árbitro chileno Enrique Osses a culpa da expulsão na derrota por 1 a 0 do Brasil para Colômbia, nesta quarta-feira, no estádio Monumental de Santiago, pela segunda rodada do Grupo C da Copa América. Mais tranquilo do que nos 90 minutos de bola rolando, o atacante atendeu a imprensa na zona mista e deu a entender que sofre perseguição das arbitragens na competição continental. Para ele, os cartões recebidos diante dos colombianos e do Peru foram injustos.

Com as punições, Neymar desfalca o Brasil no duelo decisivo com a Venezuela, domingo, às 18h30 (de Brasília), novamente no Monumental de Santiago, e também nas quartas de final, caso o time de Dunga se classifique. O craque brasileiro não mediu as palavras ao comentar a atuação de Enrique Osses nesta quarta.

– Têm que usar as regras contra mim. O cara limpou a espuma e não tomou amarelo, eu tomo. A bola pegou na minha mão sem intenção e tomei amarelo. São coisas que acontecem. Colocar juiz fraco para apitar dá nisso. Só fico p…com os árbitros que não apitam direito. Houve a confusão, mas não precisava expulsar todo mundo. Acabei tomando um empurrão (…) Nem vi que tinha sido expulso. Eu apanho, tomo amarelo, tomo vermelho. Acontece, faz parte

Neymar admitiu que teve atuação abaixo da média na derrota para a Colômbia, assim como toda equipe. Se por um lado o camisa 10 foi o principal responsável pela vitória sobre o Peru, na estreia na Copa América, ele também assumiu sua parcela de culpa no revés.

– Confesso que nosso time não foi bem, eu não joguei bem. Não tem problema nenhum. Assumo total responsabilidade.

A derrota foi a primeira da Seleção nesta nova era Dunga, após 11 vitórias consecutivas. Os números de Neymar eram ainda melhores. Desfalque nos fatídicos 7 a 1 para Alemanha e 3 a 0 para Holanda na Copa do Mundo, o atacante acumulava uma invencibilidade de 24 partidas pela equipe nacional.

– Não tem jogador invencível. Uma hora eu ia perder. Foi hoje, infelizmente. Confio nos meus companheiros.

Com o resultado desta quarta, a seleção brasileira fica com três pontos e cai para a segunda posição na chave. A Colômbia chega a três e está em terceiro. Venezuela, que tem três, e Peru, sem pontos, se enfrentam nesta quinta-feira. Brasil e Venezuela vão jogar no domingo, às 18h30 (de Brasília), também no estádio Monumental.

 

Comentários