Neymar lamenta vídeo vazado: "Não pode ficar à vontade nem em casa"

Nesta terça-feira, Neymar participou de um evento de seu instituto e da Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD). O atacante comentou o vazamento de um vídeo, filmado dentro de sua casa, em uma festa, que ocorreu na sexta-feira. O craque da seleção brasileira lamentou a divulgação das imagens.

– É complicado, você não pode ficar à vontade nem na sua casa. Está ficando cada vez pior. Foi uma falta de sorte, de ter convidado uma pessoa “nada a ver”. Mas não vejo problema nenhum, estou de férias, estava com minha família, meus amigos. E alguns “amigos”, entre aspas, acabaram vazando – disse o jogador.

Neymar afirmou ainda que não entrou em contato com a diretoria do Santos, por causa dos problemas envolvendo a sua transferência para o Barcelona. O Peixe entrou com ação na Fifa, pedindo a revisão dos valores, e acusa o jogador e o clube espanhol.

– Não, e nem quero. Não conversei com eles e não estou a fim de conversar.

O atacante comentou ainda a suspensão por quatro jogos, recebida após a segunda partida do Brasil na Copa América, a derrota para a Colômbia por 1 a 0. Como a Seleção fez apenas mais duas partidas no torneio, ainda faltam mais duas para Neymar voltar a atuar. Mas a CBF vai tentar a redução da pena.

– Espero que sim, espero que eles consigam. Não gosto de ficar fora, gosto de ficar jogando, e espero jogar. A gente estava muito feliz, muito bem ali, porque é um time bom. Eu pensava que a gente poderia chegar à final. Não chegamos, agora espero que a CBF consiga a redução – disse Neymar.

A tabela das eliminatórias será sorteada em São Petersburgo, na Rússia (país-sede da Copa de 2018), no dia 25 de julho. A competição começa em outubro deste ano e acaba em novembro de 2017.

Comentários