Náutico disposto a apagar os péssimos resultados diante do Brasília

O Náutico tem como objetivo passar uma borracha nos últimos fracassos, quando foi eliminado ainda na primeira fase da Copa do Nordeste e do Campeonato Pernambucano. Por isso, o jogo contra o Brasília, nesta quarta-feira (15), às 22h, na Arena PE, ganha em importância, pois vale a classificação à segunda fase e R$ 200 mil de cota no cofre do clube. Como nas competições anteriores, o Timbu também precisa de um empate para ficar com a vaga devido à vitória, por 1×0, no jogo de ida, em Taguatinga (DF).

O técnico Lisca, porém, teve de administrar problemas para montar o time. Além de ter perdido o meia Pedro Carmona, autor do gol da vitória no primeiro jogo, devido a uma lesão na coxa direita, também de última hora, ficou sem o zagueiro Welton Felipe, que estava escalado, mas sofreu um lesão de grau dois na coxa direita. Na terça-feira (14), foi a vez de o volante Fillipe Soutto, com uma contusão no tornozelo esquerdo. Ele seria opção para o banco de reservas.

“São situações para a gente administrar. Vai para o jogo o que a gente tem de melhor. As lesões foram constantes, e o Náutico sofreu muito com tudo isso. Não adianta lamentar. O time tem de entrar e jogar para vencer e apagar tudo o que ocorreu anteriormente”, disse o técnico.

Para esta noite de quarta, o comandante alvirrubro decidiu promover a estreia do volante Marino, que chegou na sexta-feira passada. Ele ocupa a vaga de Fillipe Soutto. “Conheço Marino. É um jogador que chega bem na frente. Ele fez essa função comigo no Sampaio”, afirmou, para confirmar o restante do meio-campo com João Ananias, Bruno Alves e Patrick Vieira. O ataque será formado por Renato e Stéfano Yuri. O meia Guilherme entra na lateral direita, posição em que atuou algumas partidas, e o volante Niel será improvisado na zaga ao lado de Diego, com Gastón Filgueira na lateral esquerda.

FICHA DO JOGO
Náutico: Júlio César; Guilherme, Diego, Niel e Gastón Filgueira; João Ananias, Marino, Bruno Alves e Patrick Vieira; Renato e Stéfano Yuri. Técnico: Lisca.

Brasília: Arthur; Paulo Ricardo (Fernando), André, Índio e Makeka; Pedro Ayub (Clécio), Werick, William e Héverton; Giba e Bruno Moraes (Santos). Técnico: Luiz Carlos Souza.

Local: Arena PE. Horário: 22h. Árbitro: Renan de Souza (PB). Assistentes: Nailton de Sousa (CE) e Kildenn Morais (PB). Ingressos: sócio e estudante R$ 10, inteira R$ 20 e premium R$ 120.

Comentários