Miss Bumbum Juliana Guerim diz ter sido agredida após briga em boate

Juliana Guerim, Miss Bumbum do Distrito Federal em 2013 e que fez uma participação no quadro Teste de Fidelidade do programa comandado por João Kleber na Rede TV!, diz que foi agredida na madrugada de domingo, 29, para segunda-feira, 30, em Cuiabá, em Mato Grosso, por um homem.

Segundo Juliana, ela estava em uma lanchonete quando começou a discutir com uma mulher. O rapaz que acompanhava a mulher, chamado Tiago Mendonça dos Santos, veio correndo na direção de Juliana e, de acordo com ela, a agrediu com um soco no rosto, a jogou no chão e a xingou de prostituta.

Juliana contou ao EGO que a briga começou mais cedo na boate onde ela estava com amigas. No camarote do lugar, um grupo formado por casais abriu uma champanhe e jogou a bebida nelas. “As mulheres estavam intimidadas com a gente porque éramos várias mulheres bonitas juntas. Começamos a discutir e depois nos afastamos.”

No entanto, a briga não terminou aí. Ainda de acordo com a Miss Bumbum, ao deixarem a casa noturna, ela e suas amigas seguiram para uma lanchonete em frente à boate. Lá, se depararam com o grupo com que haviam brigado. “A mesma mulher que me molhou com champanhe voltou a discutir comigo. Daí o cara veio e me agrediu. Fui socorrida pelas minhas amigas e ligamos para a polícia. O Tiago fugiu pela janela com um amigo, mas eu consegui fotografar a placa do seu carro. Quando ele me viu fazendo a foto, tentou me atropelar de ré”, disse Juliana.

Após o ocorrido, a Miss Bumbum fez uma queixa contra seu agressor na 1ª Delegacia de Polícia do Centro de Cuiabá e, nesta quarta-feira, 1º, ela esteve na Delegacia da Mulher e no IML, onde fez exame de corpo de delito. “Moro em Florianópolis, Santa Catarina, e estava em Cuiabá matando as saudades de amigos e participando de um envento. Até pensava em vir morar aqui, mas desisti depois disso”, falou ela. A polícia registrou ocorrência de lesão corporal e, até a noite desta terça, não tinha localizado o agressor.

Suposto agressor nega acusação
Procurado pelo EGO, o suposto agressor, o empresário Tiago Mendonça dos Santos, negou as acusações de Juliana. Segundo ele, a Miss Bumbum invadiu o camarote da boate que pertencia a sua namorada, Marisa, e tomou sua champanhe. Iniciou-se uma discussão e os seguranças da boate expulsaram a modelo e suas amigas do local.

Ainda de acordo com Tiago, quando ele e a namorada estavam lanchando, Juliana e suas amigas invadiram o lugar e partiram para cima de Marisa. “Imagina: três mulheres em cima da minha namorada. Tentei afastar a Juliana mas não a agredi. Para acabar com a confusão o funcionário da lanchonete nos levou para deixar o local por um corredor. Entramos no meu carro e fomos para a delegacia onde Marisa prestou queixa, fez exame de corpo de delito no IML e está processando a mulher que a agrediu. Marisa ficou com o rosto arranhado e cheia de manchas roxas pelo corpo”, disse Tiago.

O empresário também negou que teria tentado atropelar Juliana. “Como iria fazer isso se eu estava dentro do meu carro e ela dentro da lanchonete com as amigas?”, indaga ele.

 

 

Comentários