Marcado por capotagem de Pérez, 1º treino na Hungria tem Hamilton líder

Ainda consternada com a perda de Jules Bianchi, que morreu na sexta-feira passada em decorrência do gravíssimo acidente de outubro de 2014 no Japão, a Fórmula 1 teve mais uma prova que o perigo faz parte da essência da categoria. O primeiro treino livre para o GP da Hungria, que teve Lewis Hamilton como dono do melhor tempo (1m25s141), foi marcado pelo assustador acidente de Sergio Pérez, que a 30 minutos do fim da atividade capotou aparentemente após sua Force India sofrer uma quebra de suspensão. Felizmente, o piloto mexicano nada sofreu, e o exercício seguiu após retirada a bandeira vermelha.

– Estou OK – acalmou a todos, o mexicano, pelo rádio.

CLIQUE AQUI E ASSISTA O VÍDEO DO ACIDENTE

Mais uma vez, o líder do Mundial teve no companheiro de Mercedes seu rival mais imediato. Com 1m25s250, Nico Rosberg terminou em segundo lugar, imediatamente à frente de Kimi Raikkonen, da Ferrari, que cravou 1m25s812. Os dois carros da RBR completaram o Top 5, com Daniel Ricciardo em quarto (1m26s053) e Daniil Kvyat em quinto (1m26s070).

Mesmo deixando o exercício após o grande susto, Perez manteve a oitava marca (posição em que se encontrava na hora do acidente) com 1m26s776, tendo logo à sua frente Sebastian Vettel (Ferrari, 1m26s395) e Carlos Sainz (STR, 1m26s727), sexto e sétimo, respectivamente.

Em fase de evolução, a Williams realizou poucas voltas em Hungaroring e teve desempenho muito modesto. Felipe Massa, que não voltou mais à pista após a bandeira vermelha, conseguiu apenas o 14º tempo (1m27s381), ficando cinco posições atrás do colega Valtteri Bottas, o nono (1m26s825). De contrato renovado com a Sauber, Felipe Nasr fechou sua participação na 15º colocação (1m27s409), novamente postando-se à frente do companheiro de Sauber, Marcus Ericsson, o 16º (1m27s732). Outro incidente que marcou a sessão foi a quebra da asa dianteira de Kimi Raikkonen, que furou um pneu.

O segundo treino para o GP da Hungria acontecerá também nesta sexta, a partir das 9h00 (de Brasília), igualmente com transmissão do SporTV. Na manhã de sábado serão disputados o último exercício livre e o de classificação para a décima prova da temporada.

Comentários