Ladra gata fez sexo com homem antes de roubar o apartamento dele

Uma jovem foi presa, nesta semana, por drogar um homem e, em seguida, roubar pertences do apartamento dele, na cidade de Tigre, na Argentina. Sofía Dávila, de 21 anos, conhecida como “viúva negra”, conheceu sua vítima pela internet, marcou um encontro com ele e depois, com ajuda de dois comparsas, roubou eletrodomésticos do homem de 39 anos, identificado apenas como Diego. Após ser pressionada pela polícia, a bela confessou a participação no crime. As informações são do jornal El Clarín.

Segundo a publicação, fontes da polícia disseram que a mulher usou um medicamento para dopar a vítima e depois roubá-la. A versão que Sofía contou aos investigadores era de que ela estava dormindo com Diego, após terem feito sexo, quando os criminosos entraram na casa dele, fizeram o roubo e a sequestraram. A jovem disse que eles a levaram de carro até uma local próximo, em Villa Fiorito, onde a soltaram.

A vítima do roubo revelou aos agentes que já havia se encontrado com a moça quinze dias antes, depois, a convidou para ir até seu apartamento. Porém, afirmou que somente ela poderia ter aberto a porta da casa dele para os bandidos. Diego disse ainda que ficou inconsciente após tomar uma bebida oferecida pela jovem, que ele ingeriu sem desconfiar. Ele perdeu duas televisões, um equipamento de som e dinheiro.

Percebendo contradições no depoimento de Sofía, os investigadores a pressionaram e ela confessou participação no crime. No Facebook, a jovem divulga fotos exibindo a beleza.

Seus comparsas já foram identificados, mas não tiveram os nomes liberados pela polícia. Eles estão sendo procurados.

Comentários