Juiz do caso Eike Batista usa Porsche do empresário, acusa advogado

De acordo com informações do jornal Estadão, o juiz que determinou a apreensão dos bens de Eike Batista estaria usando um Porsche e um piano que pertenciam ao empresário. O advogado Sergio Bermudes, que representa o ex-bilionário, divulgou uma foto que seria do carro de Eike sendo dirigido por Flávio Roberto de Souza.

O veículo de luxo teria sido levado para a casa do juiz titular da 3ª Vara Criminal do Rio de Janeiro logo após ser apreendido por agentes da Polícia Federal.

O Porsche Cayenne placa DBB 0002 foi flagrado pelo serviço de trânsito da Agência Estado próximo à sede do Tribunal Regional Federal, no Rio, na manhã desta terça-feira (24). “Isso não é só suficiente para afastar o juiz como é um ilícito. Esse ato é gravíssimo”, afirma Bermudes.

Os carros de Eike Batista devem ser leiloados na próxima quinta-feira (26) e o valor arrecadado deve ser usado para garantir o pagamento de indenizações e multas por crimes contra o mercado financeiro.

No dia 6 de fevereiro a PF cumpriu diversos mandados de busca e apreensão após o pedido de bloqueio de $ 3 bilhões do empresário e seus familiares. Seis veículos de Eike foram apreendidos na ocasião. A lista de bens apreendidos pela PF também inclui 16 relógios, um piano, uma escultura e R$ 127 mil em espécie. O leilão dos veículos deve arrecadar cerca de R$ 3,3 milhões.

Comentários