Jéssica, de 'No Limite', diminui a dieta radical: 'Hoje chuto o balde'

A exemplo de Bella Falconi, que antes de engravidar cansou das dietas radicais e passou a beber vinho e comer chocolate quando lhe desse vontade, Jéssica Cazatti segue o mesmo caminho da musa do abdômen trincado. A ex-integrante do “No Limite”, de 2009, que há um ano apareceu seca e com um abdômen mais sarado do que o de Bella Falconi, também agora se dá ao direito de chutar o balde e comer o que lhe dá vontade.

Desde que se separou do ex-marido, Rafão, com quem estava junto há cinco anos, Jéssica deu uma repaginada em sua vida. A primeira medida foi ser menos radical com seu corpo. “Não estava me achando mais feminina e também não quis mais aquela pressão de ficar com quase nada de gordura por estética. Acabava cometendo algumas loucuras que ultrapassam o saudável. E hoje prezo primeiramente pela saúde e qualidade de vida, o resultado estético vem depois”, conta Jéssica.

Se antes seu percentual de gordura girava em torno dos 7%,  hoje ele aumentou e está em 12%. “Continuo sarada, mas mais feminina, menos seca. Continuo tendo uma alimentação saudável, mais durante a semana e nos finais de semana me permito comer o que eu quiser sem crises. Estou fazendo muito exercícios funcionais, cross fit, ioga… Na verdade faço um pouco de tudo. Estou conhecendo várias modalidades para ter uma opinião formada sobre cada uma delas”.

A musculação pesadíssima que ela fazia agora está mais light. O treino com mais peso fica reservado para os membros inferiores como a perna e o glúteo. Já a parte superior é trabalhada com os treinos funcionais. “É para os músculos superiores que não crescerem muito. Hoje priorizo a feminilidade”, explica Jéssica, que vai lançar um blog sobre saúde, atividade física e estética.

Novo cabelo

A mudança também aconteceu nos cabelos. Se antes a ex-participante do “No Limite” os tinha longos e pretos, eles agora foram repicados e tiveram as pontas clareadas. Há quem garanta que a mudança de visual a deixou mais bonita. No entanto, Jéssica Cazatti garante que há um responsável por esse seu novo brilho. “Estou namorando há cinco meses. É por isso que estou mais bonita! Estou amando.”

O eleito chama-se Nikolas Hesz, diretor de uma fábrica de cervejas artesanais. Foi o paulista de Santo André quem olhou primeiro para Jéssica quando ela malhava na academia. Tímido, não teve coragem de se apromixar dela. A aproximação só aconteceu graças a ajuda de uma amiga em comum. “Viajei para Florianópois com a minha amiga e ficamos nos falando pelo whats app. Quando desembarquei em São Paulo, ele me esperava no aeroporto. Fomos passar o fim de semana em Ilha Bela e nunca mais nos separamos!”.

 

Comentários