Imagens mostram momento em que homem invade hospital e mata ex

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento em que uma mulher é atacada e morta pelo ex-companheiro dentro de um hospital de Venâncio Aires, na região central do Rio Grande do Sul.

No momento do crime, a sala de emergência do hospital estava quase vazia. Apenas uma mulher e uma criança aguardavam atendimento.

A vítima, Miriam Roseleine Gabe, de 34 anos, entrou correndo, mas o ex-companheiro conseguiu alcançá-la. Um vigilante do hospital tentou ajudar e foi baleado. O homem, então, arrastou Miriam para a rua e em seguida atirou três vezes contra ela. A mulher morreu na hora.

O crime aconteceu na madrugada de domingo (22), pouco depois de Miriam prestar queixa na delegacia. Ela tinha sido agredida horas antes pelo ex-companheiro.

Na delegacia, Miriam foi informada que primeiro deveria ir ao hospital para realizar um exame que comprovasse a violência e só depois receberia proteção policial. Segundo a Polícia Civil, havia apenas um policial na hora da ocorrência, e não havia ninguém para acompanhar Miriam até o hospital.

Para o Ministério Público, a delegacia deveria ter acionado a Polícia Militar para fazer a escolta.
O ex-companheiro de Miriam, Julio Cesar Kunz, de 35 anos foi preso. O vigilante que foi baleado está internado e passa bem.

Comentários