Holograma do falecido rapper Tupac deve ser usado na turnê de Snoop Dogg e Dre

O holograma de Tupac Shakur que “cantou” ao lado de Snoop Dogg no Festival Coachella no último domingo custou entre US$ 100 mil e US$ 400 mil, segundo a MTV News. O valor exato não foi revelado, mas a empresa AV Concepts, que ensaiou o holograma, disse que esse é o valor exigido para produzir o efeito.

“Nós trabalhos com Dr Dre nisso, foi uma ideia dele fazer essa criação”, disse Nick Smith, presidente da AV Concepts, à MTV.

O sucesso foi tão grande que Dr Dre e Snoop Dogg cogitam fazer uma turnê com o Tupac “ressucitado”. Os shows podem acontecer em estádios contando com algumas das participações especiais do Coachella – Eminem, 50 Cent e Wiz Khalifa – ou em palcos menores, apenas com Dre, Snoop e Tupac.

 

O holograma foi criado pela empresa de efeitos especiais Digital Domain, responsável por envelhecer (e rejuvenescer) Brad Pitt emO curioso caso de Benjamin Button, além de trabalhos em filmes como TRON: Legacy e X-Men: Primeira Classe. A Digital Domain também criou os hologramas usados em show do Gorillaz e de Celine Dion, que você pode conferir nesse link.

“Criar um ser humano completamente sintético é a coisa mais complicada que pode ser feita”, disse Ed Ulbrich, diretor de criação da Digital Domain, “Ali não temos imagens encontradas ou de arquivo. É uma ilusão.”

httpv://www.youtube.com/watch?v=A7SoPVDOllk

A mãe de Tupac, Afeni Shakur, assistiu ao show pela internet e disse ao TMZ.com ter ficado “absolutamente emocionada” com a imagem do filho cantando no festival. Dr Dre pediu à Afeni autorização para utilizar a imagem do rapper e, como um gesto de boa vontade, fez uma doação à Fundação Tupac Amaru Shakur, dedicada à educação e artes.

 

Comentários

Leave A Reply