Greve na Federais.

A greve nas universidades federais persiste, e os maiores prejudicados quem são? Os alunos, essa queda de braço entre o governo e os professores só tem atingido a parte mais hipossuficiente dessa relação, os alunos, que já estão com seus cursos atrasados.

Isso sem contar que no que concerne a infraestrutura das universidades nada será alterado. Muitos alunos das instituições dizem conviver com péssimas condições de estudo.

Claro que os professores têm todo o direito de reivindicar melhores salários, melhores condições, mas será que o ponto mais relevante que é a melhoria das condições das instituições não está sendo deixado de lado? Acredito que está faltando debate também entre o sindicato e os movimentos estudantis, bom senso do estado, e muito, mas muito dialogo entre as partes interessadas, principalmente os alunos que são as maiores vitimas dessa lentidão.

Como disse, essa alegação dessa classe tão desvalorizada é válida, mas muitas das reivindicações deixaram a desejar quando o assunto é qualidade de ensino para os alunos. Aos professores o meu apoio, pois vejo nessa classe uma das mais importantes em nosso país, que o governo possa dialogar e que possa também trazer propostas de melhoria das universidades, bibliotecas, laboratórios, salas etc. Pois só aumentar a remuneração dos professores irá trazer um “sentimento” momentâneo de melhoria, mas esse aumento tem que ser combinado com melhorias estruturais.

Comentários

Leave A Reply