Governo de Pernambuco organiza calendário de homenagens para Chico Science

O Governo de Pernambuco e a Prefeitura do Recife vão montar, em parceria, um calendário de homenagens ao cantor e compositor Chico Science, ao lado da Nação Zumbi e da família do artista. Em março de 2016, o ícone da música pernambucana faria 50 anos, e em fevereiro de 2017 completam 20 anos da morte dele, em um trágico acidente de carro, no Complexo de Salgadinho, em Olinda. O primeiro encontro para falar sobre os tributos aconteceu na última segunda (23).

Para Lula Lira, filha de Chico, a prioridade, dentro do bojo das homenagens, é discutir a reestruturação do Memorial em homenagem ao músico, localizado no Pátio de São Pedro. Inaugurado em 2009, o museu que apresenta a vida do primeiro vocalista da banda Nação Zumbi e um dos idealizadores do movimento manguebeat, hoje está em péssimas condições de infraestruturais. “Levantamos ideias muito interessantes, que passarão por análise de viabilidade, que inclui mudança de espaço”, afirmou Lula Lira.

De acordo com Felipe Carreras, esse levantamento é o pontapé inicial. “Estamos estudando algumas possibilidades e estamos em sintonia”, diz o secretário. “Ícone da cultura local, que teve e continua tendo um papel fundamental na divulgação dos ritmos e sonoridades do Recife, Chico Science é personalidade e cartão-postal, identidade e orgulho para todos os recifenses. Toda homenagem a ele é justa”, ressalta o secretário de Turismo e Lazer do Recife, Camilo Simões.

Durante a reunião, Felipe Carreras e Camilo Simões se comprometeram, também, a dar apoio ao show que será realizado no dia 2 de agosto deste ano, no SummerStage NYC, festival realizado no Central Park, em Nova York, para celebrar os 20 anos em que a banda tocou pela primeira vez no mesmo local, com Chico Science no palco.

 

 

Comentários