Fique de olho na Lei da Ficha limpa

Tem muito pré-candidato perdendo o sono para se manter no jogo eleitoral de 2012. Mesmo podendo ser barrado pela lei do Ficha Limpa, que passa a valer no pleito deste ano, nenhum deles quer tirar o nome da disputa. Hora de fazer uso dos mais variados artifícios jurídicos ou rememorar aqueles que foram postos em prática com sucesso. O prefeito de João Alfredo, Severino Cavalcanti (PP), por exemplo, declarou para quem quisesse ouvir que será candidato à reeleição.

“A renúncia dele foi por questões meramente políticas. O processo nem chegou a entrar no Congresso. A Mesa Diretora (da Câmara) não recebeu nenhum pedido de investigação”, comentou o filho dele, deputado estadual Zé Maurício Cavalcanti (PP). Quando presidente da Câmara de Deputados, em 2003, Severino Cavalcanti foi acusado de ter recebido propina para renovar o contrato de permanência de determinado restaurante na Casa. Era o chamado mensalinho. Renunciou para não ser cassado.Também foi para a justiça a reclamação do pré-candidato do PSD a prefeito em Belo Jardim, João Mendonça. Com duas prestações de contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas de Pernambuco (TCE-PE) e pela Câmara de Vereadores da cidade, Mendonça alegou não ter tido direito de se defender. Ganhou e afirma hoje ter assegurado o direito de registrar candidatura. Em Carpina, por outro lado, o postulante socialista ao Executivo, Carlinhos do Moinho, nem precisou se deslocar até algum órgão da justiça. Em 2009 teve as contas (de 2006 – período em que foi prefeito) rejeitadas pela Câmara de Vereadores. “Encaminhei um ofício para a Câmara solicitando nova votação, o direito de resposta”. Foi ouvido e absolvido.

Tanto para a presidente do TCE-PE, Teresa Duere, quanto para o promotor eleitoral do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), João Maria Rodrigues, casos como esses não significam impunidade. “A impunidade não existe porque há outros caminhos. Muitos casos também são enviados ao MP e esse gestor terá problemas com a justiça”, declarou Teresa Duere. “A lei é uma tentativa de estabelecer a decência. Existem saídas, mas casos como esses, se existirem, serão mínimos”.

Comentários

3 Comentários

  1. E agora seu ¨¨ANJO DO QUEIXO CAÍDO¨¨, a coisa ficou preta pro teu lado, tu tava doidinho pra fazer o outro posto do outro lado da BR. Como é que tu vais provar para o MPF que BETO BARBOSA veio pra cá, um dia a casa, cai e caiu. Estais com raiva? deita na BR.

Leave A Reply