Ex-presidente da Torcida Jovem do Sport é preso em operação de combate ao tráfico

Flagrado com uma pistola 380 na casa onde mora em San Martin, Zona Oeste do Recife, Mário Azevedo dos Santos Júnior, o Marinho, ex-presidente da Torcida Jovem do Sport, foi preso na manhã desta sexta-feira (10) por policiais do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) e do serviço reservado do 12º Batalhão de Polícia Militar (BPM). Além de Marinho, que responderá por posse ilegal de arma, foram detidos Alan Gabriel da Silva Alves, Alberto Farias Pimentel, Marcielson Alef Farias Domingos e Rander Matheus Freitas.

De acordo com o sargento Roberto Freitas, a operação foi deflagrada depois que o batalhão levantou uma série de informações relativas a crimes cometidos na localidade. “De posse desses dados, por volta das 9h nós nos dirigimos ao bairro e abordamos alguns indivíduos suspeitos. O primeiro deles estava vendendo maconha na rua. Seguimos até a casa dele e lá encontramos mais droga e uma arma. Este suspeito nos indicou outros três nomes e com todos eles achamos entorpecentes”, explicou o militar. Além de maconha, a polícia também encontrou crack com os suspeitos.

Ainda segundo o sargento Freitas, todos os presos indicaram Marinho como o fornecedor das drogas apreendidas. “Quando perguntamos a eles com quem teriam conseguido a droga, todos indicaram o Marinho. Fomos até a residência dele e lá encontramos uma pistola 380, mas nenhuma droga”, afirmou. À polícia, o ex-presidente da organizada do Leão disse que possuía a arma para se defender, pois se sentia ameaçado.

Maury Dantas, advogado de Marinho, nega as acusações feitas contra o seu cliente. “Traficante ele não é, pois não foram encontradas drogas com ele. Em relação à posse de arma, acredito que ele não ficará preso, pois, apesar de estar respondendo a um processo (relativo a uma briga entre a Torcida Jovem e a Fanáutico), este ainda não foi julgado e ele ainda é considerado réu primário. Além disso, ele tem o direito à ampla defesa”, disse.

VIOLÊNCIA

Em julho de 2013, quando ainda era presidente da Torcida Jovem do Sport, Marinho e outros integrantes da organizada se envolveram em uma briga com torcedores do Náutico na Avenida Conde da Boa Vista. Em novembro do ano passado ele chegou a ser preso por conta da confusão, mas estava em liberdade provisória.

Comentários