Estudante transforma ação policial contra professores em game

A ação violenta da Polícia Militar do Paraná contra professores grevistas na semana passada ganhou mais um capítulo. Ou melhor: um jogo. O estudante de Publicidade e Propaganda Jonathan Soares, 18 anos, morador de Lodrina, criou um game em que o usuário é um professor e precisa se livrar dos tiros da polícia ou da mordida de um cachorro.

O game, batizado de Rixa, o Jogo, em alusão ao governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), foi lançado na última segunda-feira e pode ser acessado no endereço www.rixaojogo.com.br. Apesar de tratar de um assunto polêmico de maneira bem-humorada, Jonathan Soares afirmou que a iniciativa não menospreza a violência sofrida pelos docentes.

“Meu único medo era o pessoal achar que eu estava brincando com algo sério. Por isso o jogo é repleto de mensagens. Ao compartilhar scores, vai junto uma hashtag #ForçaProfessores. Enfim, mas a quantidade de gente que não curtiu a proposta é bem pequena. O pessoal entendeu bem a ideia do projeto e muitos já comentam que o jogo é difícil, mas protestar no Paraná deve ser ainda mais”, destaca.

Entre a ideia de criar o jogo e a execução se passaram dois dias. O estudante diz que pensou no game na quinta-feira da semana passada, dia seguinda à confusão com os professores. A semana de trabalhos na universidade, no entanto, só permitiu que ele começasse a agir no sábado. Jonathan Soares, valeu a pena dedicar algumas horas ao projeto.

“Fiquei triste pela necessidade de ter chegado ao ponto da violência para que o fato fosse noticiado em outros Estados. Eu sabia que a violência logo seria esquecida e que todos aqueles vídeos e fotos divulgados sumiriam em breve. Como previ, a quantidade de comentários a respeito da manifestação de quarta já era bem menor no domingo. Acabei o game nesse dia e decidi divulgá-lo na segunda-feira, como um ‘fôlego’ para o assunto, antes que ele morresse de vez”, fala.

Jonathan Soares estima que o game teve mais de 50 mil acessos desde que criado até o início da noite desta quarta-feira e lamenta não ter tido tempo de criar uma versão “mobile” para o jogo.

Comentários