Empolgado com chance no Santa Cruz, Bruno Moraes não se incomoda com status de desconhecido

Apesar do público do pequeno público de 8.207 torcedores na vitória por 1×0 contra o Sampaio Corrêa na rodada passada – vale salientar que foi o maior até agora no Arruda durante a Série B do Brasileiro -, o recém-contratado atacante Bruno Moraes se disse impressionado com o que viu durante sua apresentação à imprensa. Empolgado com a chance recebida pelo Santa Cruz, o maior clube na sua carreira, o atacante disse não se incomodar com o status de aposta.

Antes de aportar no Arruda, Bruno Moraes havia defendido a Ferroviária-SP, no início do ano. Antes, defendeu Red Bull-SP (2014), Portuguesa-SP (2013), Taubaté-SP (2013), Rio Claro-SP (2012), Ferroviário-CE (2012), Porto Alegre-RS (2011), Bragantino-SP (2011) e Santo André-SP (2010).

“O fato de dizerem que sou uma aposta não me incomoda, até porque ainda não tive um ano concreto no futebol. Pelo contrário, isso me serve ainda mais de motivação”, disse o atacante, impressionado com o que viu no último sábado, no Arruda. “Assisti ao jogo aqui das arquibancadas. Falaram que o público não estava bom, mas mesmo assim me encheu os olhos”, completou.

Como é um nome desconhecido para o torcedor pernambucano, ele aproveitou a oportunidade da sua apresentação e vendeu o seu “peixe”. “Sou um camisa 9 de referência, aquele centroavante mesmo. Agora apesar da minha altura, tenho velocidade e força. Isso é o meu diferencial”, afirmou, que lamentou o fato de não poder fazer sua estreia contra o Bragantino, em Bragança Paulista, sua cidade natal. “Para esse jogo não vou estar disponível. A regularização não veio a tempo. Fica para uma próxima oportunidade”, disse.

Bruno Moraes chega para um setor onde já conta com Anderson Aquino, Nathan, Waldison, Bruno Mineiro e agora Grafite.

Comentários