Eduardo com opções para formar o ataque do Sport

Uma semana inteira para encontrar o ataque ideal. Como o Sport só volta a campo no sábado (20/6), contra o Vasco, na Arena Pernambuco, pela oitava rodada do Brasileirão, o técnico Eduardo Baptista terá tempo suficiente para testar e achar a melhor formação para o setor. Diferente dos últimos dias, o treinador agora tem várias opções à disposição, incluindo Marlone, que se apresentou na sexta-feira passada e deve ser regularizado até esta terça (16/6).

André, outro recém-chegado ao clube, fez sua estreia (no decorrer do jogo) com a camisa leonina no sábado, na vitória sobre o Joinville por 2×1, na Ilha, e mostrou que tem potencial para lutar pela titularidade. Além dos dois novatos, estão no páreo Mike, Maikon Leite e Samuel. Até o fim do mês, o número de candidatos no ataque crescerá, com a aguardada regularização de Hernane Brocador.

“Todos querem ser titulares do time. Por isso, essa concorrência no ataque é ótima para o Sport. Quem chegou ao clube viu que os outros estão pegando pesado”, disse Maikon Leite, autor dos dois gols sobre o time catarinense e um dos artilheiros do Leão no Brasileirão, ao lado do meia Diego Souza, com três.

Contra o Fluminense, há oito dias atrás, no Maracanã, a situação era bem diferente. Eduardo não tinha opções para o ataque. Perdeu Élber lesionado e Joelinton, que foi negociado com o futebol alemão. Restou ao treinador levar dois centroavantes das categorias de base ao banco de reservas (Alison e Kelvenny). Na volta ao Recife, ele deixou clara a necessidade de a diretoria contratar peças para o setor. Foi atendido.

“É uma dor de cabeça que todo treinador gosta de ter. Nós passamos o outro lado da moeda no Maracanã, contra o Fluminense. Uma partida extremamente difícil e eu estava com dois garotos de 17 anos. Sem a confiança de colocá-los, pois ainda não estão maduros o suficiente. Eu prefiro essa dor de cabeça de agora. Um time que sonha alto dentro de um campeonato precisa dar ao treinador esse tipo de problema”, afirmou Eduardo Baptista, que completou 100 partidas no comando do Sport no sábado (13/6), contra o Joinville.

Desde a chegada de André na quinta-feira passada (11/6), Eduardo Baptista vem sendo questionado se haveria a possibilidade de formar uma dupla entre o ex-santista e Hernane Brocador. “É uma situação que se pode usar, principalmente contra times que atuam muito fechados”, disse o treinador. “Temos agora uma semana cheia para trabalhar todas essas possibilidades.”

O Sport é o 3º colocado do Brasileirão, com 15 pontos, um atrás do líder São Paulo.

Comentários