Diretoria do Sport vai se reunir com elenco para fazer cobranças

A diretoria do Sport vai se reunir com a comissão técnica e o elenco neste sábado (9), na véspera da estreia no Brasileirão, contra o Figueirense, na Ilha. Um encontro a portas fechadas no Centro de Treinamento do clube para fazer cobranças, estabelecer metas no campeonato e buscar o porquê de o time estar se comportando de uma forma tão apática em campo até aqui.

Reuniões como essa não são uma novidade na atual gestão, mas agora o teor das cobranças certamente serão maiores. Além dos resultados negativos, o que vem incomodando os dirigentes é a letargia com a qual o time vem se apresentando. O próprio goleiro Magrão vem dizendo que “a equipe perdeu a pegada de anos anteriores” em suas entrevistas recentes.

“Esta é uma conversa a portas fechadas. Não haverá uma caça às bruxas, mas faremos cobranças ao elenco. No momento em que o time não está correspondendo às expectativas da diretoria e da torcida, temos que agir dessa forma”, reconheceu o vice-presidente de futebol, Arnaldo Barros. “Não queremos fazer dessa reunião um evento pirotécnico. Não precisamos de publicidade para desempenhar o nosso trabalho. Por fazermos as coisas de forma silenciosa, há gente que acha que não estamos fazendo as cobranças necessárias”, completou.

Sobre o técnico Eduardo Baptista, que a cada resultado negativo vem tendo sua permanência no cargo contestada pela torcida, Arnaldo garante que ele segue prestigiado no clube. “Eduardo tem um projeto de médio e longo prazos no Sport e acreditamos nisso. Além disso, ele não pode ser crucificado se não tem todas as peças a sua disposição ainda”, afirmou o vice-presidente, referindo-se aos reforços que o clube está contratando para a disputa da Série A.

 

Comentários