Dai Macedo festeja o #LingerieDay em ensaio exclusivo para o EGO

Dai Macedo é do tipo que ama e coleciona lingerie, mas só usa, digamos, em ocasiões “especiais”. “Tenho mais de cem diferentes, é coleção mesmo, mas em casa eu não uso calcinha, gosto de ficar só de shortinho”, revela ela, que posou com modelitos diferentes para festejar o #LingerieDay, comemorado sempre última quinta-feira do mês de julho. “Só uso calcinha  para sair e para ir à academia”, diz ela, que posou no Lush Motel, localizado na avenida do estado, Zona sul da capital paulistana.

GALERIA DE FOTOS: Dai Macedo posa com peças íntimas e sensuais em homenagem ao #LingerieDay

Em entrevista ao EGO, a modelo fitness e Miss Bumbum 2013 revela fantasias sexuais e afirma que fez sexo com apenas cinco homens em toda a sua vida, mas se mostra segura dos seus predicados na cama. “A mulher tem de conhecer seu corpo. Eu não tenho frescura na cama, faço tudo. E me preocupo apenas em me dar prazer. Isso deixa os homens loucos!”, assegura.

“Gosto muito de homem”
Dai conta que nunca teve vontade ficar com mulher. “Nunca me imaginei com outra. A mulherada até me canta no Instagram, diz que sou gostosa. Uma vez uma me pediu um beijo na balada. Era linda, morena. Mas não fiquei com vontade. Eu gosto muito de homem. Gosto de barba, mão…”, revela. Na cama, Dai se define como “foguenta”. “Tenho vontade de fazer sexo em um avião com uma pessoa maravilhosa que goste de muito de mim”, diz ela, que já transou dentro do carro várias vezes.

“Uma vez estava namorando dentro do carro e veio um guarda. Saí dirigindo sem roupa na pressa!”, diverte-se. “É muito bom quando não dá para segurar a vontade e rola no carro mesmo, dá aquele medo de alguém ver. A gente se atrai por coisas perigosas, né? Mas as pernas ficam todas roxas!”, diverte-se ela, que jura ter tido apenas cinco parceiros na vida. “Foram cinco namorados.”

Dai também tem uma história engraçada de sexo em lugar inusitado. “Fui acampar com um ex em uma fazenda. Quando encostamos em uma árvore, fomos atacados por um formigueiro”, conta ela, que ficou cheia de picadas. Mas Dai gosta mesmo é de fazer sexo na cama. “Sou romântica. Ninguém nunca fez pra mim, mas tenho vontade de chegar no motel e estar cheio de pétalas de rosa e champanhe. Eu adoro motel!”, revela.

Agradecimentos: Lush Motel. Avenida do Estado, 6600, Cambuci, São Paulo – SP.
Telefone:(11) 2271-0020. Dai veste Ruguê lingerie.

Comentários