Com Diego Souza inspirado, Sport vence Socorrense por 3×0

Superior durante os 90 minutos e com Diego Souza inspirado, o Sport não teve dificuldades para vencer a Socorrense por 3×0, nesta quarta-feira (4), no estádio Batistão, em Aracaju. Com gols de Mike, Felipe Azevedo e Wendel, o Leão se consolidou na liderança do grupo B da Copa do Nordeste, com sete pontos, quatro a mais que o vice-líder Coruripe.

No próximo domingo (8), o Sport volta novamente as suas atenções para o Pernambucano. No Sertão, enfrenta o Serra Talhada, no estádio Nildo Pereira. Na liderança com 15 pontos, a partida será válida pela sexta rodada do certame local.

Diego Souza arrasador na primeira etapa

O primeiro tempo do Sport traduziu, na prática, a diferença de qualidade dos elencos. Diego Souza, a maior estrela do Leão, mas que ainda não tinha um feito um jogo consistente, deu cinco bons passes – sendo uma assistência para gol – só na etapa inicial.

Logo aos três minutos, o meia cruzou na medida para Felipe Azevedo, que chutou à esquerda de Emanuel. Na segunda jogada, Diego recebeu a bola de Vítor e tocou de primeira para Élber. O atacante chutou e a bola passou raspando a trave do Socorrense. Com 23 minutos, Durval fez um belo lançamento para o número 87 do Leão, que passou para Mike. O jogador chutou no ângulo, forçando o goleiro sergipano a fazer um milagre.

Aos 28, em passe errado de Aílton, Élber recuperou a bola e tocou para Diego Souza. Com a perna esquerda, o meia colocou na cabeça de Mike, que só teve o trabalho de tirar do goleiro Emanuel e abrir o placar no Batistão.

Controlando a partida, a segunda etapa do Sport foi ainda mais intensa. Aos quatro minutos da segunda etapa, novamente Diego Souza apareceu. O meia cruzou na cabeça de Rodrigo Mancha, que jogou para fora. Logo depois, em bela virada de Felipe Azevedo, Vítor serviu Mike. O atacante, de frente para o gol, chutou à esquerda de Emanuel.

Aos 22 e 24 da etapa final, o Sport perdeu duas chances inacreditáveis. Na primeira, o goleiro Emanuel espalmou mal. Na entrada da pequena área e livre de marcação, Rithely pegou de primeira, para fora. Dois minutos depois, Diego Souza fez o cruzamento e, após rebote na zaga da Socorrense, Durval driblou um marcador e chutou. Em cima da linha, Dácio salvou os sergipanos.

De tanto martelar, o Sport ampliou o marcador com dois bons cruzamentos de Vítor. Aos 30, o lateral cruzou para Felipe Azevedo encostar para o gol. Quatro minutos depois, foi a vez de Wendel mandar para as redes e sacramentar o placar no Batistão.

Comentários