Com derrota diante do Flamengo, Náutico é eliminado da Copa do Brasil

Oportunidades não faltaram para o Náutico confirmar a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. No entanto, o alvirrubro permaneceu apático, perdeu chances de gol e observou o Flamengo vencer por 2×0 na Arena Pernambuco, nesta quarta-feira. Com o resultado, o Timbu é eliminado na terceira fase da competição e se concentra apenas na Série B do Campeonato Brasileiro. O Flamengo, por sua vez, avança e espera o sorteio para saber qual rival pegará na próxima fase. 

O Náutico iniciou a partida com a vantagem de jogar pelo empate sem gols para avançar. Afinal, na partida de ida, o Timbu arrancou um empate por 1×1 no Maracanã. Com o resultado desta quarta-feira, o placar agregado ficou 3×1 para o Flamengo. 

No primeiro tempo, Náutico e Flamengo sentiram dificuldades para se encontrar na partida. O primeiro chute a gol só aconteceu aos 23 minutos. Na ocasião, Guerrero acertou o lado de fora da meta de Júlio César, confundindo os torcedores na arena. Aos 38, o Flamengo ainda imprimiu boa sequência ofensiva, com Sheik arriscando dois chutes. O Náutico, por outro lado, permaneceu apático.

Após o intervalo do jogo, as duas equipes voltaram para fazer um segundo tempo completamente diferente. Aos cinco minutos, Jorge abriu o placar na Arena Pernambuco. O lance do gol saiu de uma triangulação entre Sheik, Éverton e Jorge. O camisa 11 tocou Éverto, que cruzou para Jorge deixar sua marca. 

Depois do gol do rubor-negro carioca, o Náutico reagiu. Entre os minutos 25 e 30, o Timbu perdeu quatro chances claras de gols com Bergson, Douglas, Renato e Josimar. Destaque para a estreia de Bergson, que entrou no lugar de Stéfano Yuri e movimentou as jogadas alvirrubras. 

Logo em seguida à investida alvirruvra, o Flamengo marcou o segundo na partida. Aos 31, Marcelo Cirino arrancou contra-ataque veloz e lançou Guerrero. Desta vez, o atacante não perdoou e ampliou o marcador: 2×0. A vitória e classificação rubro-negro estavam garantidas. 

FICHA DO JOGO

Náutico: Júlio César; Guilherme (Josimar), Flávio, Fabiano Eller e Fillipe Soutto; João Ananias, Willian Magrão, Marino e Rogerinho (Renato); Douglas e Stéfano Yuri (Bergson). Técnico: Lisca.

Flamengo: César; Pará, Marcelo, Wallace e Jorge; Jonas (Marcelo Cirino), Cárceres (Márcio Araújo), Canteros e Everton (Arthur Maia); Emerson Sheik e Guerrero. Técnico: Cristóvão Borges.

Local: Arena Pernambuco. Árbitro: Cláudio Francisco Lima e Silva (SE). Assistentes: Luiz Carlos Câmara e Lorival Cândido das Flores. Gols: Jorge aos 5 e Guerrero aos 31 minutos do 2º tempo. Cartões amarelos: Fillipe Soutto (N); Pará, Jorge, Marcelo Cirino, Cáceres, Everton, Emerson Sheik (F). Renda: R$ 566.335. Público: 16.744.

Comentários