Classe média sofre! Jennifer Pamplona protesta contra alta do dólar

Jennifer Pamplona resolveu protestar contra a alta do dólar – que nesta segunda-feira, 23, está valendo R$ 3,15. Com a parte da frente do corpo pintado com a moeda americana e as costas com a bandeira brasileira, ela fez fotos carregando um cartaz com o escrito: “O dólar dispara e o real é a moeda que mais perdeu valor no ano”.

A ex-estilista de Andressa Urach, disse que a desvalorização do real vem atingindo seu bolso e que ela sentiu isso ao viajar recentemente para Los Angeles, nos Estados Unidos:

“Estou sofrendo muito com essa crise financeira do país. As coisas estão muito caras. Estava nos Estados Unidos e pedi para uma amiga fazer uma transferência para a minha conta em real. Ela depositou R$ 2,7 mil e, quando o valor foi convertido para dólar, não deu para eu passar três dias no Estados Unidos. Não podemos maquiar mais essa crise. Nas minhas últimas viagens eu fazia muito mais compras. Eu voltei para o Brasil com um número bem reduzido de presentes e coisas para mim. Temos que ir para as ruas protestar”, falou ela.

Desde que voltou ao Brasil, Jennifer conta que também tomou algumas medidas para economizar: “Antes eu não pesquisava mercado para ir, hoje tenho que pesquisar tudo antes de sair de casa. Eu tinha o costume de fazer as refeições fora, hoje para economizar eu contratei uma cozinheira, não dá mais para comer todos os dias na rua. Estou economizando até para sair de casa de carro. Estou muito assustada com o preço da gasolina. Aqui em São Paulo eu andava com um Mustang e com US$ 30 eu colocava gasolina para duas ou três semanas, hoje não consigo passar uma semana com esse valor no tanque do carro”, contou.

Jennifer, que participou do protesto do dia 15 de março, pretende ir para as ruas com o corpo pintado: “Eu já estou por dentro dos novos protestos que vão acontecer. Fui no último e vou nos próximos. Quero chamar atenção mesmo para a mudança. Todos nós juntos, ricos e pobres, temos que mudar o país. Nunca fui em protesto, mas agora mexeu no meu bolso também. Está muito difícil.”

 

Comentários