Chás de hibisco e verde ajudam a curar ressaca após o carnaval

Para driblar a ressaca, a dor de cabeça e o mal estar resultante dos quatro dias de carnaval, há quem invente receitas milagrosas. Em Olinda, muitos dos foliões sugerem beber álcool novamente para passar a ressaca, enquanto outros preferem a hidratação da água pura. A nutricionista Ana Lígia acredita que o melhor remédio seja mesmo a água, mas há alimentos e chás que também colaboram para a desintoxicação do organismo após a folia de momo. Na reportagem do Bom Dia Pernambuco desta quarta (18), ela indica os principais alimentos e bebidas para quem quer se curar da ressaca.

Como o fígado é um órgão prejudicado com o consumo excessivo de álcool, a água vai ajudar o órgão a funcionar melhor. “A água ajuda a hidratar o que se perde com o calor e com o álcool. Fora isso a gente pode fazer algumas coisas que ajudem esse fígado a funcionar melhor, a eliminar o excesso de líquido contaminante que eu coloquei para dentro do organismo. Alguns chás são bons, como o chá verde, hibisco, dente de leão”, conta.

Ela lembra que o chá também pode ser servido gelado, mas que nem todas as ervas são boas para o fígado. “Tem aquela crença que chá de boldo é bom para tudo quando se está mal, mas para o fígado não é interessante. Então tem que ter muito cuidado”, alerta. Já bebidas como café e leite, o folião deve passar longe. “Como você tem dor de cabeça, geralmente, o café é estimulante e é ruim para a dor”, aponta a nutricionista.

Já o leite não é bom para o fígado por causa da digestão difícil. “Como já estou de ressaca, com o organismo prejudicado, a própria digestão está mais lenta, tudo está funcionando de forma mais lenta porque é o fígado que coordena tudo”, completa. Na parte dos alimentos, a nutricionista recomenda frutas consideradas leves, como melancia, melão, abacaxi, kiwi. Todas podem ser usadas em sucos.

Comentários