Brasil em tempos de Liberdade?

Hoje somos filhos da liberdade, hoje podemos estampar no peito ideias, hoje podemos discutir abertamente conceitos e valores diversos. Hoje mesmo que não concordemos uns com os outros podemos sentir o sabor da vitória e o amargo da derrota que são a marca de uma democracia. Infelizmente muitas pessoas morreram , ou foram brutalmente torturados por um governo ilegítimo que dominou o país durante longos vinte anos. Sangue foi derramado, famílias destruídas, filhos dessa pátria expulsos de seu seio. Parte dos torturadores, dos usurpadores do poder morreram impune, outros continuam com suas famílias “perfeitas” em algum lugar do país, como se nada tivesse acontecido, esse é o mal do país, passar uma borracha em cima de eventos como este.

Penso que saber da verdade, saber de fatos ocorridos serve, ou serviria NO MÍNIMO de retrovisor para que tais erros e abusos nunca mais fossem cometidos. O governo que se auto empossou em 1964 era contra não só liberdade, mas contra a soberania de um povo, era contra os avanços progressistas na época. A Ditadura militar servia aos interesses das camadas mais ricas de nosso país, servia aos anseios de uma minoria conservadora.

Hoje penso que felizmente podemos dizer o que pensamos, podemos simplesmente dizer sim ou não, não somos mais tratados como subversivos, mas penso que isso é pouco. Liberdade sem igualdade é “maquiagem”. Ainda vivemos sob um jugo de uma minoria que teima em “frear” os avanços verdadeiramente democráticos, que teimam em não permitir que o Brasil, essa pátria amada se torne também gentil com seu povo. Não somos iguais perante a lei, não somos iguais em oportunidades.

Penso que só com a mobilização de massa é que poderemos sair dessa posição vergonhosa de 6ª economia medíocre. Nosso povo tem fome, e tem mais fome de oportunidade e educação de qualidade.

 

Comentários

Leave A Reply