Bombeiros vão fazer cortejo do corpo de Cristiano Araújo; veja trajeto

Os corpos do cantor sertanejo Cristiano Araújo, de 29 anos, e da namorada dele, a estudante Allana Coelho Pinto de Moraes, de 19, serão enterrados juntos na manhã desta quinta-feira (25), por volta das 11h, no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. Eles morreram em um acidente de carro na BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás.

TEMPO REAL: Acompanhe cobertura especial do velório de Cristiano Araújo.

O velório, que começou na noite de quarta-feira (24), acontece no Centro Cultural Oscar Niemeyer. O corpo de Allana deve saiu em um carro funenário por volta das 6h em direção ao cemitério, onde será velado até a hora do enterro.

Já o corpo de Cristiano Araújo será levado em cortejo, por volta das 10h, por um caminhão do Corpo de Bombeiros, que passará por várias avenidas de Goiânia. O percurso deve ser de 15 km e a previsão é que demore de 30 a 40 minutos.

O trajeto do cortejo do corpo do cantor começa pela GO-020, segue a Avenida Jamel Cecílio até a Alameda Marginal Botafogo. Depois, o comboio entra à direita na Avenida Goiás, no Centro, até pegar novamente à direita na Avenida João Luís de Almeida, e à esquerda na Avenida Senador Jaime, em Campinas. Em seguida, o cortejo vai até a Avenida Goiás, entra na Avenida Bernardo Sayão e encerra na Rua Armogaste José da Silveira, no Setor Centro-Oeste, onde está localizado o cemitério e estará fechada para carros.

Parantes, fãs e amigos do casal começaram a lotar o Centro Cultural Oscar Niemeyer no início da tarde. Famosos, como os cantores Henrique e Juliano, Guilherme (da dupla com Santiago), Mariano (da dupla com Munhoz) e Bruno (da dupla com Marrone), compareceram para dar o último adeus ao artista.

Milhares de fãs também enfrentaram mais de duas horas na fila para se despedir do ídolo. Pessoas como a professora Gilma Maria Reis, que não mediu esforços. “Meu marido também era fã dele e ficou doente em casa quando soube da morte. Ficaria esperando aqui o tempo que fosse preciso para me despedir dele”, disse.

Acidente
O acidente aconteceu por volta das 3h30 desta quarta-feira (24), na altura do km 614 da BR-153, entre Morrinhos e o trevo de Pontalina, em Goiás, quando o cantor voltava de um show em Itumbiara, no sul do estado.

No veículo do cantor também estavam o motorista Ronaldo Miranda e um dos empresários do sertanejo, Vitor Leonardo, que se feriram.

O delegado que investiga o caso, Fabiano Henrique Jacomelis, solicitou um laudo cadavérico das vítimas fatais e uma perícia no local do acidente. As análises devem apontar se elas usavam cinto de segurança no momento do acidente.

“O cantor e a namorada foram arremessados para fora do veículo, sendo assim, os indícios apontam que eles não usavam o cinto de segurança. Mas isso só será comprovado com o resultado dos laudos”, disse Jacomelis. Segundo ele, também há sinais de que o motorista e o passageiro do banco da frente estavam com cinto.

O Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia confirmou que a causa da morte de Cristiano foi uma hemorragia interna na região do abdômen. “Após o exame necroscópico, pudemos observar que ele foi vítima de uma hemorragia aguda provocada por lesões de grandes vasos abdominais”, afirmou o gerente do IML, Marcellus Arantes, ao G1.

Ele disse que Cristiano também sofreu um traumatismo craniano encefálico, mas, apesar das lesões e do corpo ter sido encontrado fora do veículo, ainda não é possível determinar se o cantor estava sem cinto de segurança. “Só será possível confirmar isso após a finalização do laudo cadavérico, que deve sair daqui a dez dias. Esse documento é complementar ao laudo da perícia feita no local”, destacou.

 

Comentários