Aumento do percentual de etanol na gasolina pode ocorrer ainda este mês

O aumento do percentual do etanol na mistura da gasolina, que estava acordado para entrar em vigor a partir de 16 de fevereiro, deve acontecer até o fim do mês. Segundo um interlocutor do governo, a decisão está na mesa da presidente Dilma, que deve bater o martelo ainda em fevereiro, após analisar detalhes finais da medida.

Há duas semanas, o ministro Aloizio Mercadante (Casa Civil) esteve reunido com representantes da indústria da cana-de-açúcar e automotora quando costuraram o acordo que elevaria de 25% para 27% a presença do álcool anidro no combustível já nesta semana.

Estavam presentes na reunião a presidente da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), Elizabeth Farina, e o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan.
O acordo define que, no caso da gasolina premium, o percentual da mistura continue em 25%. A Unica afirmou, por meio de sua assessoria de imprensa, que está aguardando a decisão nos próximos dias.

ESTUDOS – Em estudo recente, a Petrobras concluiu que a mudança na mistura não representa prejuízo para o motor e não compromete o desemprenho dos veículos.

A Anfavea está conduzindo outro estudo, de durabilidade, com previsão de conclusão no fim de março.
Segundo afirmou um representante do Palácio do Planalto, a presidente Dilma não deve esperar esse último estudo para publicar a decisão.

A medida vai favorecer o setor sucroalcooleiro, que estima um aumento na demanda anual por etanol em 1 bilhão de litros, segundo Farina. As usinas brasileiras produziram 28 bilhões de litros de etanol no ano passado.

Comentários