Aplicativos pernambucanos são premiados em competição da ONU

Dois aplicativos criados por empresas embarcadas no Porto Digital, no Recife, foram premiados na competição World Summit Award Mobile, que reúne mais de 160 países. O prêmio reconhece as melhores ferramentas que podem ser utilizadas em escala global para “fazer a diferença no mundo”. A cerimônia de entrega aconteceu em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Livox e Colab.re foram escolhidas entre as melhores.

Desenvolvido pelo analista de sistemas Carlos Pereira, o Livox, da empresa Agora Eu Consigo, conquistou o primeiro lugar na categoria “Melhor Aplicativo de Inclusão Social do Mundo”. O app tomou forma para ajudar sua filha Clarinha, que nasceu com paralisia cerebral, a se comunicar. Com download gratuito, o app possui mais de 2 mil figuras relacionadas a emoções, atividades e opções de respostas às perguntas do dia a dia. Novas imagens também podem ser cadastradas para personalizar o Livox de acordo com as necessidades específicas de cada usuário.

Já o Colab.re ficou entre os cinco primeiros colocados no prêmio de “Melhor Plataforma de Governo e Participação do Mundo”. Criado pelo empreendedor Gustavo Maia e equipe, o app incentiva a colaboração online entre cidadãos e administradores públicos, buscando melhorar a vida nas cidades. A rede social permite que os usuários falem de problemas e façam propostas para os governantes. O aplicativo estreou com grande reconhecimento, em 2013, foi eleito como Melhor Aplicativo Urbano do Mundo, na competição AppMyCity, da New Cities Foundation. Ao avaliar a ferramenta, um dos jurados do WSA Mobile, o executivo Niki Ernst afirmou que “projetos como o Colab estão moldando o nosso futuro como cidadãos”.

O World Summit Award Mobile (WSA-mobile) é uma iniciativa global de órgãos da ONU, como Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura (UNESCO), Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO) e Aliança Global para as Tecnologias da Informação e Comunicação (UN GAID).

Com informações do NE10
Foto: Divulgação

Comentários