Aniversários de Olinda e do Recife têm concerto e observação do céu

Música erudita, contação de histórias e até mesmo uma exposição marcam uma série de homenagens pelos aniversários dos 480 anos de Olinda e 478 anos do Recife, comemorados nesta quinta-feira (12). A programação traz opções além das festas divulgadas pelas prefeituras, que incluem os tradicionais cortes de bolos de cada cidade.

O Duo Milewski, composto pelo violonista polonês naturalizado brasileiro Jerzy Milewski e a pianista brasileira Aleida Schweitzer, faz concerto na Igreja Madre de Deus, no Recife, na quinta-feira (12), e em Olinda, na sexta (13), no Mosteiro de São Bento. O programa da noite conta com composições de Heitor Villa-Lobos, Flausino Vale e do recifense Marlos Nobre. Com entrada gratuita, o evento começa às 20h na quinta e às 20h30 na sexta.

Contação de histórias e exposição
Para as crianças, o Museu da CIdade do Recife começa a programação às 15h da quinta, com contação da história ‘Rio das Capivaras’, cordel escrito por Mariane Bígio e ilustrado por Emerson Pontes, na Praça d’ Armas. A ideia é mostrar aos pequenos, a partir da Dona Capiba, fantoche de uma capivara, a importância do Rio Capibaribe não só para o Recife, como para diversas cidades do interior do estado.

Além da contação de histórias, a programação do museu conta com a cerimônia da troca das bandeiras e incineração das bandeiras em desuso, a partir das 16h, com apresentação do coral Novo Milênio e da Banda Marcial do Núcleo de Ação Cultural da Prefeitura do Recife, seguida de corte do bolo.

Já a Torre Malakoff recebe a exposição ‘Trajetória sustentável’, do pintor André Soares Monteiro, que une sustentabilidade e arte nos seus trabalhos. Com molduras feitas de portas de armários, janelas e madeiras de demolição na rua, o artista utiliza pintura sobre banner, como forma de substituir a tela convencional e criar arte a partir da impressão.

Nascido na cidade do Recife em 1967, Monteiro é autodidata e idealizador do movimento ‘Catamisto-Catar e Misturar o lixo e transformar em arte’, que tem como característica a transformação de materiais recicláveis em arte. A exposição reúne trabalhos inéditos do artista e uma instalação feita a partir de placas luminosas descartadas.

A mostra abre as portas para o público a partir desta quinta (12), às 17h. Com entrada gratuita, fica aberta ao público até o dia 10 de maio, de terça a sexta, das 10h às 18h; aos sábados, das 15h às 18h; e aos domingos, das 15h às 19h.

Paço do frevo
O Paço do Frevo está com programação especial para o público que visitar o centro cultural nesta quinta (12). Os visitantes poderão participar de vivências de frevo com passistas, durante a manhã (às 10h e às 12h) e à tarde (às 14h e às 16h), e conferir a exibição do documentário “Carnavais no Passo do Tempo”, dirigido por Carlos Carvalho. O filme mostra a magia e riqueza do frevo e dos clubes, troças e blocos líricos, além de convidar o espectador a fazer uma viagem de 40 minutos pela história do carnaval pernambucano por meio de imagens gravadas entre 1920 e 2005 e de depoimentos de carnavalescos e pesquisadores. As sessões serão às 11h e às 15h.

Essas atividades estão inclusas no ingresso, R$ 6 (inteira) e R$ 3 (meia). O Paço do Frevo funciona na Praça do Arsenal, no Bairro do Recife, da 9h às 21h. Excepcionalmente nesta semana, não será realizada a Quinta no Paço, com isso a apresentação da Orquestra Raízes Pernambucanas acontecerá em uma nova data: dia 19 de março, às 18h30. Outras informações no telefone (81) 3355-9500 ou no site www.pacodofrevo.org.br.

Observatório da Sé, no Sítio Histórico de Olinda, também agendou evento para marcar o aniversário das cidades-irmãs. O Espaço Ciência informou que o planeta Saturno estará próximo à Lua, favorecendo a observação dos dois objetos celestes. O fenômeno acontecerá da meia-noite da quinta (12) às 4h da sexta-feira (13). Uma equipe estará disponível com telescópios para ver os anéis e os satélites do planeta e os contornos das crateras lunares, além disso terá exibição de vídeos para quem quiser se informar sobre o fenômeno. A entrada é de graça. O Observatório fica na Rua Bispo Coutinho, s/n, no Alto da Sé. Outras informações pelo (81) 3183-5528 ou pelo site www.espacociencia.pe.gov.br.

 

Comentários