Anderson Silva é flagrado em exame antidoping

Ídolo do UFC, o brasileiro Anderson Silva teve resultado positivo para um exame antidoping, revelou nota oficial divulgada na noite desta terça-feira (3). “Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro Embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais”, disse o comunicado. O teste aconteceu no dia 9 de janeiro, quase um mês antes de seu combate com Nick Diaz.

O exame revelou que havia no organismo do brasileiro a substância drostanolona, que é um esteroide anabolizante, mas o brasileiro pode não estar só. De acordo com matéria do site americano Yahoo!, Diaz também foi flagrado no antidoping. O americano, porém, teria consumido maconha, que não é uma droga que afeta positivamente seu desempenho no octógono.

Anderson “Spider” Silva, 39, retornou ao octógono do UFC com vitória, após mais de um ano afastado. Ele venceu por decisão unânime por pontos, em cinco assaltos, na madrugada do domingo, o americano Nick Diaz, em Las Vegas (EUA). Logo após o anúncio do resultado, fortemente emocionado, Anderson se deitou no chão e foi ajudado a levantar pelo rival.

Leia a íntegra do comunicado:

“Em 03 de fevereiro de 2015, a organização do UFC foi notificada pela Comissão Atlética de Nevada que Anderson Silva testou positivo para Drostanolona no teste para sua luta, realizado no dia 09 de janeiro. O UFC compreende que mais testes serão conduzidos pela Comissão para confirmar estes resultados preliminares.

“Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro Embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais.

“O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas.”

Comentários