Acusado de estuprar e matar ex com vaso sanitário é preso em PE

Foi preso na madrugada desta quarta-feira (4) o acusado de ter estuprado e espancado a ex-companheira até a morte com um pedaço de vaso sanitário em Igarassu, na Região Metropolitana do Recife, na quinta-feira passada (26). O corpo da mulher ainda foi jogado de uma ribanceira, próxima à casa do agressor.

O homem foi encontrado em Glória do Goitá, no Agreste pernambucano, a 88 quilômetros do local do crime. Na manhã desta quarta, está sendo ouvido pelo delegado da cidade, Francisco Célio Lima Ribeiro. Depois do depoimento, será encaminhado ao Recife.

Na quinta-feira, o acusado já havia confessado o crime à polícia na capital pernambucana. Ele se apresentou no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) porque disse ter se arrependido do crime. Antes disso, ainda teria ido à igreja conversar com um pastor.

Na ocasião, no entanto, foi liberado. A polícia explicou que responder aos crimes cometidos em liberdade é um direito de quem se apresenta voluntariamente na delegacia. Mesmo assim, no decorrer das investigações, foi expedido um mandado de prisão contra o acusado.

Ainda segundo a polícia, o homem já havia sido preso por roubo qualificado e chegou a cumprir uma pena de 8 anos de reclusão. Em janeiro deste ano, voltou a ser preso por porte ilegal de arma e atualmente está em liberdade provisória.

Comentários